Moda, Novidades

Zara volta aos poucos com o trabalho

15 abr 2020 • por Nina Kauffmann • 0 Comentários

Os empregados dos 10 centros logísticos da gigante global da moda Inditex, na Espanha – a partir dos quais se enviam peças de vestuário para as lojas do mundo inteiro -, regressaram ao trabalho, segunda-feira (13 de abril), mas apenas para funcionarem a menos de metade dos níveis normais de atividade, como afirmaram os trabalhadores.

Entretanto, três das 13 fábricas espanholas da Inditex retomaram o trabalho, fabricando material médico, como esfoliantes, para ajudar nas necessidades ligadas à crise sem precedentes do coronavírus COVID-19. E, por enquanto, não se fazem peças de vestuário para marcas como Zara e Bershka, como informou um representante sindical.

Espanha abrandou, segunda-feira (13), os termos do restrito bloqueio que pôs em vigor para travar a propagação de um dos surtos mais mortais de sempre em todo o mundo, permitindo aos trabalhadores não essenciais regressarem aos empregos após uma paragem de duas semanas.

O pessoal dos centros logísticos da Inditex regressou ao trabalho, mas com horários reduzidos – ou trabalhando durante meio dia, ou apenas fazendo dois ou três turnos por semana – para reduzir o contacto entre os trabalhadores, disse um representante sindical e trabalhador.


Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post