Kids, Moda

Loja europeia de moda infantil se reinventa durante a pandemia em São Paulo

04 nov 2020 • por Nina Kauffmann • 0 Comentários

A Zippy é uma marca portuguesa de moda infantil com mais de duas décadas de história no mercado e está presente em mais de 20 países. No Brasil, a loja se instalou em 2018, dentro do Shopping Tamboré, em Barueri, sempre muito frequentada pelo público premium, contém desde artigos para recém-nascidos a crianças de 14 anos. A unidade em específico, já ficou conhecida vestindo filhos(as) de grandes celebridades como Ana Hickmann e Sabrina Sato, entretanto, a franquia, assim como outros negócios, também sofreu com os efeitos da crise econômica ocasionada pelo coronavírus. 

Mesmo antes do fechamento dos shoppings, Mariana Rodrigues, responsável pela operação da marca no Brasil, já via a necessidade de mudanças estratégicas e aprovou junto a matriz da marca um reposicionamento de preços, que acarretou na imediata redução de cerca de 30% no valor das peças. “Nosso foco sempre foi crescer, sem deixar de lado a qualidade, alinhada com o conforto e a autonomia das crianças. Este é o DNA da Zippy! Fizemos uma série de estudos para reduzir os custos e atingir uma parcela maior da sociedade, conseguimos chegar em valores próximos as lojas de departamento, mesmo com nossos diferenciais.” afirma Mariana. 

Porém, essa redução não foi suficiente para evitar a queda nas vendas, já que a loja permaneceu fechada por cerca de três meses. Por isso, a equipe Zippy, resolveu adotar alguns planos de emergência para continuar atendendo seus clientes. Além de aderir ao movimento “Não Demita!”, a loja entrou para o Market Place do Mercado Livre, contratou um serviço de delivery que entrega em um raio de 30km e adotou a logística reversa grátis, viabilizando a troca de produtos sem valores adicionais. 

O drive-thru, onde o cliente retira sua compra, feita via WhatsApp , em uma espécie de armarinho, localizado no estacionamento do shopping, também entrou para a lista de novas ferramentas da franquia portuguesa, porém seu grande diferencial é o “Projeto Malinha”, que consiste na produção de uma mala com peças selecionadas para determinada criança, seguindo as orientações da mãe, tudo via WhatsApp e com suporte da equipe de vendas da Zippy. Basta entrar em contato com a equipe da loja, informar as características e estilo da criança, que em poucos dias, ou até horas, dependendo da região de entrega, a malinha estará na casa da mamãe. Em seguida, a cliente precisa apenas escolher as peças que à agradam, agendar a retirada da malinha e realizar o pagamento, que pode ser feito de diversas formas, sempre visando facilitar a compra. 

A Zippy é comandada por uma equipe que confia muito no potencial da marca e busca a melhor forma de atender seus clientes, por isso, buscou todas as possibilidades para manter seu padrão de atendimento, seguindo todos os protocolos recomendados pela Organização Mundial da Saúde. “Eu e meu marido somos apaixonados pela marca, me sinto honrada em poder trazer produtos com tanta qualidade para os brasileiros e, notamos um crescimento significativo nas vendas depois que adotamos as novas ferramentas.” finaliza Mariana.

Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post