Novidades

Sex and the City’ completa 20 anos da estreia e atrai novas ‘Carries’ a Nova York

06 jun 2018 • por Nina Kauffmann • 0 Comentários

A estreia de “Sex and the City” (1998-2004) completa 20 ano hoje,quarta-feira (6), mas a série permanece imortalizada na cidade de Nova York. Lá, fãs percorrem até hoje ruas, cafeterias e lojas nas quais foram gravadas cenas icônicas com Carrie e suas amigas.
A atração foi ao ar pela primeira vez na HBO no dia 6 de junho de 1998 e contava a história da relação entre quatro mulheres:
Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker)
Miranda Hobbes (Cynthia Nixon)
Charlotte York (Kristin Davis)
Samantha Jones (Kim Cattrall)
As três primeiras estavam na casa dos 30 anos, e a última, na dos 40. O enredo, que se passava em Manhattan, focava no papel da mulher na sociedade atual.
O local mais visitado pelos fãs hoje em dia é a casa de Carrie. Lá, havia as simbólicas escadas em que a personagem descia tantas vezes com seus “amados Manolos”, apelido dado aos sapatos criados pelo estilista espanhol Manolo Blahnik.
Na série, a protagonista morava no Upper East Side. Mas, como os moradores do bairro não queriam gravações por lá, a produção filmava as cenas usando a fachada de uma casa na Perry Street, no West Village.
Visitas guiadas, como a da empresa On Location Tours, têm parada obrigatória na brownstone – típica casa nova-iorquina – onde atualmente uma corrente na entrada impede que curiosos se aproximem da porta. Também há uma placa na janela manda um recado para o presidente americano: “Vergonha, Trump!”.
R$ 38 milhões pela casa de Carrie
Segundo Elyse Brandau, atriz que trabalha há três anos como guia turística na cidade revelando os segredos de “Sex and the City”, a casa foi vendida por quase US$ 10 milhões (cerca de R$ 37,7 milhões) há seis anos.
“Após a venda, algumas visitas guiadas tinham sido proibidas de passar lá perto, mas agora foram liberadas, desde que feitas em silêncio”, afirmou Elyse.

Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post