Novidades

O que te move?

01 out 2020 • por Nina Kauffmann • 0 Comentários

Empreendedores e bem-sucedidos, eles foram convidados do primeiro Casual Talks, programa digital de debate da revista Casual/ Exame, em parceria com a Montblanc
A nova campanha global da Montblanc – What Moves You, Makes You (Você é o que te move) – propõe inspirar as pessoas a expressar todo o seu potencial e a encontrar um caminho próprio e original para reescrever os códigos de sucesso do século 21. 

Com esta nova campanha, estamos nos engajando à uma nova geração global de líderes e profissionais, inspirando-os a alcançar todo o seu potencial, liderados pela paixão. Ela expressa uma nova aspiração de vida, em que o profissional e o pessoal não competem entre si, mas enriquecem um ao outro. Seguindo o que te move, você finalmente chega um local de satisfação e sucesso”, diz Vincent Montalescot, Vice-presidente executivo de marketing da Montblanc. 
“A maneira como as pessoas trabalham mudou e as prioridades e os valores mudaram (…) Não se trata mais de status ou de alcançar o topo, mas de uma trajetória significativa, com propósito e enriquecedora que levamos para chegar lá, e das pessoas que impactamos em nosso caminho”, acrescenta Nicolas Baretzki, CEO da Montblanc. 
Para debater o significado atual do sucesso, o primeiro Casual Talks, programa digital de debates da revista Casual/ Exame, em parceria com a Montblanc, reuniu quatro personalidades reconhecidas pela trajetória profissional que construíram, pela qual estão deixando a marca no mundo. 
Veja aqui os principais trechos da participação de cada um, e acompanhe o debate na integra acessando o link: http://exame.com/casual/o-que-te-move-esse-foi-o-tema-do-primeiro-casual-talks/A conversa foi mediada pelo jornalista e editor da Casual, Ivan Padilla. 

Ana Claudia Michels – modelo e médica 


“Comecei a trabalhar como modelo aos 14 anos, mas minha aspiração sempre foi ser médica. O tempo foi passando e deixei esse sonho de lado. Com 29 anos, voltei para um cursinho pré-vestibular e, no final do último ano, me formei em medicina. Eu tive a sorte de viver essas duas vidas tão diferentes. Minha carreira de modelo me deu condições financeiras de, aos 29 anos, bancar minha faculdade. Estou com muita energia, muita garra para começar uma nova carreira aos 39 anos. Acho que crescimento vem dos desafios”. 

Gustavo Caetano – fundador da Samba Tech

“Montei minha primeira empresa quando estava na faculdade, ao comprar um celular e não encontrar nenhum joguinho para baixar. O ano era 2004. Entrei em contato, então, com fabricantes no exterior e comecei a importar games. Hoje, a Samba Tech é a maior empresa de distribuição de vídeos para educação do país. Meu propósito com a Samba Tech é fazer com que o conhecimento chegue a todos os lugares do Brasil. Ser empreendedor é sempre uma busca constante por novos e maiores desafios”. 

Juliano Belletti – campeão da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002, embaixador global do Barcelona e diretor de negócios internacionais do Cruzeiro. 

“Dentro do campo, a gente tem que tomar decisões muito rápidas e sobre pressão. Acho que isso ajudou a moldar minha carreira de empresário. Eu me inspiro muito na capacidade que nós, brasileiros, temos de superar as dificuldades e sempre conseguir dar a volta por cima”. 

Rodrigo Oliveira – chef e proprietário do restaurante Mocotó, um dos nove estabelecimentos brasileiros que aparecem na lista dos 50 melhores do mundo.


Sempre gostei de estudar. Cheguei a cursar engenharia ambiental e gestão ambiental antes de fazer gastronomia. Minha família não tinha nem recurso nem estrutura para eu estudar gastronomia. Mesmo assim, estudei e esse foi o primeiro passo para criar o Mocotó. Acho que o ponto comum das trajetórias vencedoras é a educação. Foi ela que me permitiu construir, com a ajuda de muitas mãos, o meu negócio”. 



Comente Aqui

Posts Anterior
Próximo Post