Moda

Versace , Michael Kors e Jimmy Choo anunciam plano para reabertura das lojas

29 maio 2020 • por Nina Kauffmann • 0 Comentários

Capri Holdings Limited, grupo de luxo que controla as marcas Versace, Michael Kors e Jimmy Choo, anunciou um plano detalhado para a reabertura gradual das lojas de sua vasta rede global.

O anúncio mostra que o varejo de moda e luxo está retomando suas atividades, ainda que lenta e cautelosamente, após ter fechado quase todas as lojas mundiais desde março devido à pandemia. Atualmente, pouco mais da metade da rede de varejo global de Capri está aberta, mas a situação está evoluindo rapidamente. Na semana passada, em uma mudança significativa, Giorgio Armani anunciou a reabertura de cerca de 100 butiques de sua rede global.

Nos Estados Unidos, todas as lojas Versace, Jimmy Choo e Michael Kors foram fechadas em meados de março de 2020. Atualmente, apenas uma em cada oito das 455 lojas do grupo no continente está aberta. No entanto, em um comunicado divulgado na noite de quinta-feira (28), a Capri antecipou que “a maioria estará aberta no início de julho de 2020. Embora ainda estejamos no início do processo de reabertura, estamos entusiasmados com a resposta inicial”.

Na região EMEA (Europa, Oriente Médio e Ásia), todas as lojas Versace, Jimmy Choo e Michael Kors foram fechadas em meados de março de 2020. No entanto, atualmente, quase 60% das 318 lojas da região estão abertas e a Capri espera ter a maioria aberta no início de julho de 2020. “As vendas em lojas reabertas representam cerca de 50% do volume do ano anterior, em comparação com o mesmo período do ano passado”, disse a Capri. O que significa que o grupo está se saindo melhor do que a média da indústria.

Na Ásia, a Capri indicou que as lojas da região da Grande China começaram a fechar no final de janeiro de 2020. Hoje, todas as 288 lojas da região estão abertas. No Japão, Coreia do Sul e outras partes do sudeste da Ásia, a Capri começou a fechar as suas lojas em fevereiro. Atualmente, quase 70% de suas 210 lojas nessas áreas estão abertas.

Em termos de volume, na China continental, as vendas “começaram a crescer gradualmente, com as vendas abril e maio praticamente idênticas às do ano passado para Versace e Jimmy Choo, e cerca de 80% dos níveis do ano anterior para Michael Kors no mesmo período”.
 
Em relação ao comércio eletrônico, os sites da Versace, Jimmy Choo e Michael Kors “estão gerando fortes vendas, sendo que as da Versace e Michael Kors quase dobraram em relação ao ano passado”, disse o grupo.

O grupo ressaltou que todas as reaberturas  irão priorizar a saúde e a segurança de seus funcionários, clientes e comunidades. “Estamos adotando uma abordagem prudente e ponderada na reabertura de nossas lojas, para garantir que todas as precauções necessárias sejam tomadas, mantendo a experiência excepcional que os clientes esperam de nossas marcas de luxo. Quero agradecer às nossas equipes em todo o mundo pelo trabalho duro e dedicação que mostram todos os dias. Estou incrivelmente orgulhoso dos membros de toda a organização, pois apoiaram-se uns aos outros e às suas comunidades durante este período sem precedentes “, disse o presidente e CEO John Idol.

Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post