Moda

Renner propõe reconexão com corpo, mente e mundo em sua coleção Outono/Inverno 2021

17 mar 2021 • por Nina Kauffmann • 0 Comentários

nspirada nos conceitos que nasceram com o movimento Nova Era, a Renner faz um convite para uma imersão na transformação de corpo, mente e mundo através dessa corrente cultural do passado que ainda ecoa nos dias atuais. A marca traz para a sua coleção Outono/Inverno 2021 a união de um estilo setentista, mais renovado e atual, com a estética minimalista e moderna. O mood da estação é se conectar com o natural, buscando a ampliação da consciência e do ser, para se entender como parte do todo. 

Traduzindo o zeitgeist de uma das décadas de maior auto expressão e libertação do século XX para todos os estilos, a marca promove uma interação entre tecidos, texturas e cores naturais com peças confortáveis, elegantes e utilitárias. Na cartela de cores permeiam os neutros, terrosos e variações de off-white – que se conectam com a paleta acolhedora da natureza -, com realces apastelados, como rosas, azuis e amarelos; e tons intensos, como laranja e magenta, que trazem uma exuberância de forma aprimorada para a estação. 

Em busca do alinhamento perfeito entre o conforto e a elegância para a mulher contemporânea, a coleção feminina propõe uma alfaiataria leve e descomplicada. Por meio de peças chaves e tecidos naturais, a ideia é oferecer opções que podem ser usadas tanto no conforto de casa como em compromissos do dia a dia. Entre os destaques estão bermudas, coletes, pantalonas e vestidos longos, além do super desejado conjunto total tricô – com adaptações para todos os microclimas brasileiros. Também chegam com força total o jeans e as túnicas que, combinadas com calça, compõem uma super tendência da estação. Já os florais, poás e xadrezes, como o grid e o vichy, trazem charme para a estamparia. 

Ao contrário do fit invernal habitual, o estilo jovem da Renner sugere uma diversidade de peças com comprimentos mais curtos como vestidos, saias, bermudas e macaquinhos, que ganham ares fashionistas harmonizados com botas mais pesadas e sobreposições. A linha ostenta um universo de matérias primas composto por diversas tramas: tricôs com fio fantasia, tweeds reeditados com uma pegada mais moderna, pelúcias aconchegantes, jacquards e matelassês. Carregada de conceitos da coleção, a jaqueta off-white com franjas é um dos itens “must-have” da estação. 

Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post