Bem-Estar, Gastronomia

Festa Sustentável

22 nov 2019 • por Paula Bedran • 0 Comentários

Festa sustentável? Não fique fora dessa. Um passo a passo para produzir uma festa chic e sustentável

Fazer uma festa sustentável está em voga. Em agosto tivemos uma das bodas mais elegantes e faladas da história da mídia, e a festa foi quase toda sustentável. Desde os 5 vestidos que a noiva, Amanda Hearst, neta do magnata da mídia William Hearst, da Hearst Magazines, usou (entre eles um Oscar de La Renta que teve tanta preocupação com a sustentabilidade que até a pegada de carbono para levar e trazer cada pedaço de tecido foi contabilizada), até o lixo que foi reaproveitado, a quantidade reduzida de convidados visando diminuir o impacto da festa e assim por diante. Esta é uma tendência que já tomou conta nos EUA, mas que ainda não tinha chegado no Brasil, então nós do Visão da Moda quisemos ser os pioneiros e desenvolver uma festa que fosse o máximo sustentável que conseguíssemos para dar o passo a passo para os nossos leitores. Escolhemos um tema picnic pela data ser um sábado à tarde, numa fazenda no interior de São Paulo, e seguem os passos:1) O mais importante, obviamente é a comida, pois é em torno dela que gira um evento. Escolhemos o Food Stories, um site que traz experiências culinárias para dentro da sua casa, e que cuida de todos os detalhes sem você precisar pensar em quase nada, porém sem estar fisicamente presente. Explicamos: você escolhe qualquer uma das experiências que eles propõem, seja ela feijoada, noite italiana, risoto, e chega na sua casa uma caixa com as louças e a decor, um cooler com as comidas e até os arranjos de mesa e uma caixinha de som com a trilha sonora. Terminado o evento, é só combinar a retirada.2) Comidas quentes: são essenciais na hora de receber, pois dão um ar mais sofisticado ao evento e mantêm os convidados na festa por mais tempo. Porém como fazer isso com um viés sustentável? Daí é que entra a Pissani. A Pissani é uma marca de massas artesanais e gourmet que está no mercado há quase 100 anos. Não usa corantes, nem conservantes e nem produtos químicos. Todas as massas são receitas da própria família, e os sabores são tão incríveis que comemos até ravioli de lagostim (sim, devo confessar que foi o melhor ravioli que já provei na minha vida). Porém eles têm para todos os gostos, desde sabores vegetarianos como burrata com limão siciliano, serra da canastra com castanha do pará caramelizada, até sabores mais ousados como massas à base de vinho merlot, polvos á tinta de lula e inclusive sabores doces como recheio de chocolate. Foi sem dúvida um sucesso. 3) Bebidas: porque depois da comida, toda festa em gira em torno das bebidas. Optamos por vinhos, e descobrimos o site La Vinheria, que vende apenas vinhos orgânicos, sustentáveis e biodinâmicos. Sim, no Brasil isto é uma raridade e a La Vinheria é o único site no país que se especializa nisso, e por isso são referência nacional.4) Decor:. A arrumação e decoração ficou por conta da Joana de Luca, da Joana de Luca handmade, que além de cuidar da decor de ambientes e festas, tem uma linha de objetos de decoração todos feitos à mão. Foram usadas garrafas de vinhos vazias para colocar as flores secas que serviram de arranjos de centro. As louças ficaram a cargo da Andrea Valente, que faz louças com retalhos de tecidos e guardanapos vintage que ela garimpa pelo mundo. Para compor, a Joana selecionou um faqueiro vintage com guardanapos de renda garimpados em brechó, combinando com as toalhas. Ao redor da mesa, almofadas de tecidos reutilizados feitas por ela serviam de assento, e as luzinhas no estilo “fairy lights” foram acesas quando começou a escurecer5) Doces: Porque esses merecem destaque. A Isabella Akkari foi responsável pelo bolo, vegano, sem glúten, sem lactose e sem açúcar, de brownie com cookies. Realmente pela descrição dos ingredientes parece que não teria gosto algum, como a maioria dos doces veganos, sem glúten, sem lactose, mas foi um dos melhores bolos que já comemos. Os docinhos ficaram a cargo da Paula e Gabi chocolates, que fazem o melhor brigadeiro de pão de mel do Brasil. Além dos brigadeiros comuns, elas fizeram cupcakes recheados de brigadeiro e pirulitos de chocolate personalizados que deixaram tudo mais sofisticado. 6) O look: amamos ficar dias e dias pensando na roupa que vamos usa, não é? Então aqui vai nossa dica: se você realmente quer um look sustentável, procure com carinho por marcas sustentáveis, pois o Brasil está repleto delas e o Instagram através de hashtags te dará todas elas. Outra ótima opção é o nosso site, pois estamos sempre colocando marcas sustentáveis novas por aqui. E caso nada te agrade, recorra aos brechós e sites de desapego. Nossas dicas: enjoei.com, Etiqueta Única, Peguei Bode, Brechó Capricho à Toa (SP), Brechó da Obra do Berço (SP), Personal Brechó (RJ).

Uma festa sustentável não é algo óbvio. As opções nem sempre são as mais baratas ou mais cômodas e tudo requer um pouco de pesquisa, um pouco de Do it Yourself e um pouco de dedicação, pois nem todos os fornecedores estão adeptos ou sabem do que se trata, apesar de termos visto muitos que já têm isso no DNA. Não se esqueçam da separar o lixo para reciclagem e tentar ao máximo o “Lixo Zero”.

Comente Aqui

Posts Anterior
Próximo Post