Cultura, Eventos

Arte em Cor marcam a vernissage da exposição Interseções Existenciais do artista plástico Léo Moreira na Caza Artha da Gávea

23 out 2021 • por Nina Kauffmann • 0 Comentários

Arte em Cor marcam a vernissage da exposição Interseções Existenciais do artista plástico Léo Moreira na Caza Artha da Gávea – Fotos Vera Donato

Inaugurada ontem à noite, no dia 21 de outubro na Caza Artha, na Gávea, a exposição Interseções Existenciais, do artista plástico, Léo Moreira, de 24 anos, que criou durante a pandemia e encontrou na arte uma forma de equilíbrio e de reencontro com sua alma.
Com a curadoria de Patrícia Secco, a coleção foi marcada por quadros, azulejos e painéis com técnicas desenvolvidas na pintura em lápis de cor, formada por figuras geométricas e movimentos circulares, inspirados no pensamento da teoria de Platão sobre o cosmos, que considerava que os círculos e as esferas eram manifestações do universo, interferido por falhas, assim como a mente humana.
“Suas obras remetem à grandes mestres da pintura, com  linhas geométricas entrelaçadas em cores como se fosse Mondrian. Seus movimentos circulares me evocam os de Matisse e suas formas quase cubistas como Van Gogh”, afirma a artista plástica Patrícia Secco.
A exposição estará em cartaz até o dia 19 de novembro e no final de 2022, o artista plástico Leo Moreira se apresenta para uma nova exposição no Centro Cultural dos Correios.
A noite foi marcada pela recepção do grande Mestre do Pensar, Manoel Thomaz Carneiro e a idealizadora da Caza Artha, Ádila Suarez, que fez um lugar para conhecer novos artistas e revisitar designers e marcas consagradas.Exposição Interseções Existenciais
Telas & Azulejos  – Curadoria Patrícia Secco
Casa Artha
Rua dos Oitis, 54 – Gávea
Funciona de segunda a sexta das 10h às 20h e aos sábados das 10h às 16h
Programação de eventos pode ser acompanhada pelo Instagram: @cazaartha

Fotos Vera Donato

Comente Aqui

Posts Anterior
Próximo Post