• A Artefacto marcou presença na abertura da 28ª edição do Casa Cor Rio

    A Artefacto marcou presença na abertura da 28ª edição do Casa Cor Rio na tarde deste domingo, 16/09, na antiga...

    Leia mais

  • Vestido e calça jeans fazem combinação da vez!

    A tendência das sobreposições continua com força total. Seja com uma blusa por cima da camisa ou de dois casacos,...

    Leia mais

  • Moda Animal Por Xico Gonçalves

    O Animal Print insiste em permanecer na moda com unhas e garras. Esta é uma estampa que por mais diferenciada...

    Leia mais

  • Dia de festa no Rio Design Barra

    Com um time de convidados especiais, o Rio Design Barra celebrou mais uma edição do RD Experience. A tarde começou...

    Leia mais

  • Dia de Princesa à base de produtos com ativos naturais em 10 passos, pelo Spa Deia e Renata Por Paula Bedran

    Num país que exporta tantos ingredientes naturais para cosméticos e produtos de cabelo, é um tanto triste perceber a dificuldade...

    Leia mais

Abertura do movimento Geração 501, da Levi’s, agita Laura Alvim, com bate-papo e show de Chico Chico e João Mantuano
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Eventos, Moda

Criado para fortalecer ainda mais os valores e causas da Levi’s e propor uma reflexão na forma de agir e pensar, o Geração 501 voltou ao Rio de Janeiro. A abertura aconteceu nessa quinta-feira, 13 de setembro, na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, e foi animada. Quem marcou presença, conferiu os shows de Gavi e de Chico Chico e João Mantuano, além de curtir a festa Rara, que rolou noite adentro.

Antes das atrações musicais, Marina Kadooka, gerente de marketing da Levi’s, no Brasil, mostrou a estação de customização Tailor Shop e mediou um bate-papo sobre moda e representatividade, com os designers e artistas do projeto Somos Todos Colaboradores, à mostra na Casa. Tenka Dara, Mig Jeans, Maxwell Alexandre, Joana Uchôa, além de Thomaz Azulay e Patrick Doering, da The Paradise, fizeram intervenções no icônico jeans 501®, a convite da Levi’s. O acervo da exposição será doado pela Levi’s ao ator Jonathan Azevedo. Nascido na Cruzada São Sebastião, no Rio, ele usará a renda obtida com a venda dessas peças para construir uma biblioteca na comunidade carioca, onde foi criado.

O Levi’s Geração 501 ocupa a Casa de Cultura Laura Alvim até domingo, 16 de setembro, com uma programação diária gratuita, que reúne shows, bate-papos, festas, exposição e oficina de customização. Todas as atrações vão ao encontro das questões que guiam o movimento. São elas igualdade de gêneros, direitos de minorias, inclusão, liberdade de expressão e sustentabilidade.

Levi’s® Geração 501® RJ

Data: de 14 a 16 de setembro de 2018

Local: Casa de Cultura Laura Alvim

Avenida Vieira Souto 176, Ipanema, Rio de Janeiro – RJ

Tel.: 21 2332-2016

Horário de Funcionamento: sexta-feira, das 18h à 1h, sábado, das 14h à 1h, e domingo, das 14h às 19h

Evento aberto ao público, mediante à lotação da casa

Programação

Sexta-Feira, 14 de setembro:

18h às 22h- Tailor Shop Levi’s x Ahlma

19h às 20h- Painel IED #Geração 501®, com Luana Génot, Luana Cooper e Helena Gusmão

20h20 às 21h- Show de Abronca

21h20 às 22h20 Show de Qinho canta Marina

22h à 1h- Festa Heavy Baile

Sábado, 15 de setembro:

14h às 22h- Tailor Shop Levi’s x Ahlma

16h às 17h- Painel IED #Geração 501®, com Márcia Disitzer, Carol Rabello e Rafa Joaquim

17h30 às 18h30- Show de Flerte

19h30 às 20h30- Show de 2 Reis

21h às 22h- Show de Suricato

22h à 1h- Festa Disritmia

Domingo, 16 de setembro:

14h às 19h- Tailor Shop Levi’s x Ahlma

16h ás 17h- Show acústico de Paulo Dalagnolli recebe Amigos

17h às 19h- Cortejo Technobrass (pátio)
Fotos Renato Wrobel

14
set
2018
Dia de festa no Rio Design Barra
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Eventos, Moda, Novidades

Com um time de convidados especiais, o Rio Design Barra celebrou mais uma edição do RD Experience. A tarde começou com um welcome drink no restaurante Gurumê, com  lista de convidadas Sob os meus cuidados , que degustaram o melhor da culinária oriental e drinks especiais. Por lá passaram nomes badalados da região, como Lorena Campello, Mariana Reis, Fernanda Britto, Renata Bitencourt,  que junto com Silvia Rogar e Renata Garcia, da Vogue, conferiram as principais tendências da estação nas lojas do shopping. Na Josefina Rosacor, Ana Botafogo autografou as camisetas feitas em parceria com o Theatro Municipal, com venda revertida para a instituição. O evento marcou também a inauguração das lojas Live e Valisere, que comemoraram com coquetel. Para finalizar, bailarinos do Theatro Municipal apresentaram uma coreografia do dançarino Marcelo Misailidis
Fotos Bruno Ryfer

14
set
2018
Dia de Princesa à base de produtos com ativos naturais em 10 passos, pelo Spa Deia e Renata Por Paula Bedran
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Beleza, Destaques, Novidades

Num país que exporta tantos ingredientes naturais para cosméticos e produtos de cabelo, é um tanto triste perceber a dificuldade de encontrar um salão de cabelereiros dedicado a produtos com ativos naturais. São cada vez mais químicos que colocamos nos cabelos, tanto para tingir quanto para alisar, hidratar, etc… que as receitinhas da época das nossas avós, que de fato faziam milagre nos seus cabelos, ficaram praticamente esquecidas. Para a nossa sorte, graças a algumas profissionais que estão no mercado há anos dedicadas apenas ao desenvolvimento de produtos e tratamentos mais naturais, encontramos alguns oásis por aí. Um deles é o Spa Deia e Renata, comandado por mãe e filha, Deia Dios e Renata Souza, experts no assunto, que estão no mercado há mais de 30 anos, tendo herdado o legado da avó Mercedes Dios. A mãe, Deia Dios, é precursora da famosa técnica do Bordado dos fios (a técnica é tão famosa que minha mãe já fazia esse procedimento junto com a minha avó, lá no início do primeiro salão da Mercedes). A convite do Spa Deia e Renata de São Paulo (o salão está presente no Rio de Janeiro e Goiânia também), fui passar um dia de princesa com eles e testar 10 procedimentos para provar que sim é possível realizar cada etapa de cuidado com o cabelo, corpo e maquiagem usando técnicas mais naturais. Alguns procedimentos mais específicos só podem ser feitos no salão (como a Velaterapia, que não deve jamais ser experimentada em casa), mas há uma grande vantagem em procedimentos com ativos naturais que é a possibilidade de serem replicados em casa.
São eles os passos:
1- Minha sessão começou com uma análise profunda do meu cabelo pelas profissionais do salão, para entender o nível de danificação, os processos químicos sofridos e a exata combinação de tratamentos que meu cabelo precisava, pois, nenhum cabelo é igual, ou requer o exato mesmo tratamento.


2- Sentei na cadeira, que mais parece uma poltrona de casa, me cobri com a mantinha fornecida pelo salão, e aos goles do cappuccino mais delicioso de São Paulo, iniciei a Velaterapia, um tratamento onde a vela cauteriza as pontinhas secas e duplas, desobstruindo as escamas dos fios impermeabilizados pela química, evitando a quebra. Interpreta-se: meu sonho de dreads no cabelo, realizou-se por alguns instantes (conforme a foto abaixo)

3- Depois da vela, veio o famoso tratamento Bordado. Com uma tesoura específica, são removidas minuciosamente as pontas duplas e quebradiças, sem alterar o comprimento, corte ou volume do cabelo. Após esses 2 tratamentos, o cabelo já muda completamente de textura

4- Logo em seguida, vem outro tratamento também conhecidíssimo do salão, famoso por atrair celebridades que chegam a ir semanalmente até lá para realiza-lo. É o Multivitaminas, um complexo vitamínico que contém ativos naturais de ervas, usado para auxiliar no crescimento dos fios e evitar a queda. É feita a aplicação do conjunto de cremes no cabelo seco, e em seguida a limpeza do couro cabeludo com um emoliente (aquela sensação refrescante similar ao efeito do shampoo de limpeza profunda).

5- Depois do multivitamínico, veio um tratamento que não conhecia, mas que percebi ser um bem necessário para o meu tipo de cabelo: o Defrizante. Meu cabelo, descobri no Spa, é a receita perfeita para o frizz: é ondulado, passa por uma quantidade absurda de químicos e consequentemente de máscaras no cabelo para aliviar o efeito dos químicos, é lavado com água quente, enrolado na toalha, secado com secador mais quente ainda e vive exposto a essa maravilhosa umidade que só vemos pelas praias do Rio de Janeiro, com aquele maravilhoso protetor natural chamado “água do mar”, ou seja: meu cabelo é com certeza o pesadelo dos cabelereiros! Porém o Defrizante veio para solucionar meu problema: um complexo rico em extrato de algodão, linhaça e colágeno, que ajuda a reter a umidade natural do cabelo, nutrindo os fios, alinhando-os e reconstruindo as fibras e é finalizado com um chá de ervas, hortelã e alecrim no couro cabeludo…coisa fina!

6- Esta etapa é a mais interativa do tratamento, pois ainda tenho uma leve desconfiança de que o Spa Deia e Renata estava tentando extrair um pouquinho do meu cérebro para observação em laboratório. Brincadeiras à parte, este processo de sucção do couro cabeludo é chamado de luz de quartzo, em que um aparelho com efeitos sugadores é colocado na cabeça, com a intensão de desobstruir os chamados bulbos capilares, bloqueados por excesso de shampoo, químicos etc…caso você queira reproduzir algo parecido (ênfase no parecido).

7- Devo confessar que este foi um dos pontos mais altos do meu processo: a reflexologia. É claro que o tratamento nos meus cabelos foi ímpar, mas uma massagem nos pés com água de flores acompanhada de uma almofada quente de ervas no pescoço está difícil de ser equiparada. Mas quem achou que era um mero mimo, se engana: a reflexologia auxilia na liberação de toxinas do corpo, diminui o stress, melhora a circulação sanguínea…enfim, fatores que juntos são essenciais para manter a força e vitalidade dos fios.

8- A lavagem é o penúltimo passo dos cuidados com o cabelo e não por isso menos importante. Embora eu já usasse os produtos do Spa Deia e Renata há algum tempo, creio que só parei para dar a devida atenção á importância de cada etapa quando fui escrever esta matéria e estudar cada passo. Não tinha me dado conta da importância de misturar o shampoo e condicionador com água, pois os produtos em excesso entopem os bulbos capilares; nem de que no caso de o cabelo estar ressecado demais, pode se iniciar o tratamento com o condicionador nas pontas ao invés do shampoo.

9- O mimo aos cabelos acaba na finalização, e até com isso elas tomam cuidado e fogem do comum: para secar os cabelos o secador é utilizado no morno e obviamente a 10 cm de distância da mecha.
10- O Spa Deia e Renata é um dos únicos salões do Brasil a fornecer maquiagem orgânica e natural, e utiliza os produtos milagrosos da marca Simple Organic, marca que se preocupa em trazer uma beleza mais leve, natural, correta e sustentável. A Simple se destacou no mercado por ser a primeira marca de cosméticos orgânicos, veganos, naturais, cruelty-free e agender (sem gênero) a promover a bandeira da beleza natural e do consumo consciente. A marca conta com toda uma gama de produtos, como base, corretivo, primer, máscara para cílios, batom. A Andrea Coelho, maquiadora do salão, além de ser adepta ao uso de maquiagens orgânicas e naturais, tem mãos de fada e conseguiu transformar meu aspecto de 10 horas de vôo em cara de “Pronta-para-o-Oscar”

14
set
2018