• PRÉ ESTREIA DO BALÉ NOITES DE BERLIOZ NO TEATRO MUNICIPAL⁩

    A convite da primeira bailarina do Teatro Municipal do RJ,Ana Botafogo,um grupo de Embaixadores do Turismo do RJ assistiu hoje...

    Leia mais

  • Miami Now – Final

    Nossa semana intensa de Miami Now chegou ao fim na sexta-feira e queremos dividir com vocês o itinerário dos dois...

    Leia mais

  • Jornalista Michele Pin lança livro “Desafio do Amor Próprio”

    Em 2014, a jornalista e coach de relacionamentos Michele Pin criou o “Help in Love”, um canal virtual onde escreve...

    Leia mais

  • Miami Now – segundo e terceiro dia

    Os últimos dias foram bastante intensos, de muita atividade e muito aprendizado, por isso atualizá-los por aqui foi praticamente impossível....

    Leia mais

  • Miami Now – Primeiro Dia por Paulinha Bedran

    Miami, chegamos! Ontem finalmente começou o tão esperado Miami Now, curso de imersão em arte, moda e design que o...

    Leia mais

Cenoura não engorda Por Xico Gonçalves
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda, Novidades

Sucesso entre os legumes para quem não quer engordar a calça cenoura ou clochard, entrou no cardápio da moda verão 2019/20
Conhecida nos anos 1990 como “semi-bag”, elas agora atendem por “clochard” (como nos anos 1970), calça-cenoura (ou carrot), por conta do seu formato, “calça cocoon” ou “slouch”.
Seja qual for a nomenclatura, o que elas têm em comum além do conforto, são a modelagem ampla nos quadris, muitas vezes com pregas ou preguinhas, cós alto e afunilando na direção da canela.
Estas calças apareceram pela primeira vez nas passarelas de Sonia Rykiel e de Kenzo, nos fervidos anos 1970.
Foram relançadas por Balenciaga na coleção de inverno de 2007/ 2008 como uma alternativa para quem não podia usar as adesivas skinnys por limitações de silhueta, já que as calças clochard têm shape mais amplo nos quadris e coxas, podendo ser vestidas por muitos formatos femininos.
Mas elas também apareceram mais curtas com pernas amplas ou retas em desfiles para o verão 2019/20, deixando os tornozelos de fora ou mostrando a meia-calça opaca.

Moda das ruas
As calças clochards foram inspiradas na figura de Carlitos, o imortal personagem de Charles Chaplin, e nos mendigos que passeavam a beira do Rio Sena, com vestes fora do tamanho, adaptadas ao corpo.
A palavra “clochard” inclusive significa mendigo em francês.
Estas calças que ficavam com a cintura bem alta, formando pregas na altura do cós, com um volume folgado nos quadris e pernas afunilando, serviram de inspiração para as modelagens atuais que desfilaram em muitas passarelas influentes.
Adote já
Se você não “engole” a cenoura, vale uma ida ao provador antes de achar que não vai funcionar.
A modelagem surpreende.
Vendo no próprio corpo, você descobre o seu potencial.
Além de ser um modelo confortável, a calça clochard é perfeita para qualquer silhueta, por ter o poder de alongar.
Como em toda peça ousada ou polêmica, a minha dica é optar pelas cores claras, neutras ou jeans.
Cintos também são fundamentais para dar uma acinturada.
Como é uma calça com vibe formal é ótima no trabalho.
O ideal é usar com a cintura bem marcada e com blusas mais justas que valorizam a estrutura da calça e constroem uma estética moderna, que favorece inclusive as consumidoras tamanho grande.
Na teoria, quem tem quadris largos, culotes, bumbum volumoso ou barriga saliente, não deveria usar.
Mas na prática esse volume em tecidos firmes, ou couro, pode trabalhar a favor dessas silhuetas, já que o volume da calça é claramente formado pelo pano que acomoda os centímetros a mais dos quadris ou cintura, sem escancarar.
E a clochard também não engorda quem está magra.
Para quem tem tronco pesado e as pernas finas este formato é o máximo, sempre usado com tops folgados e decote farto.
Use com sapatos baixos e altos, sneackers, rasteirinhas e sapatilhas, ankle boots, espadrilhas e scarpins.
Dobre a bainha para um toque informal
Em tecidos mais clássicos serve para qualquer idade e deixa o visual absolutamente jovial.
Um look monocromático surpreende o olhar e desenha formas mais longas e magras para as mulheres mais baixas.
Vale provar a clochard sem medo.
É uma opção confortável e segura.

 

19
out
2018