• PRÉ ESTREIA DO BALÉ NOITES DE BERLIOZ NO TEATRO MUNICIPAL⁩

    A convite da primeira bailarina do Teatro Municipal do RJ,Ana Botafogo,um grupo de Embaixadores do Turismo do RJ assistiu hoje...

    Leia mais

  • Miami Now – Final

    Nossa semana intensa de Miami Now chegou ao fim na sexta-feira e queremos dividir com vocês o itinerário dos dois...

    Leia mais

  • Jornalista Michele Pin lança livro “Desafio do Amor Próprio”

    Em 2014, a jornalista e coach de relacionamentos Michele Pin criou o “Help in Love”, um canal virtual onde escreve...

    Leia mais

  • Miami Now – segundo e terceiro dia

    Os últimos dias foram bastante intensos, de muita atividade e muito aprendizado, por isso atualizá-los por aqui foi praticamente impossível....

    Leia mais

  • Miami Now – Primeiro Dia por Paulinha Bedran

    Miami, chegamos! Ontem finalmente começou o tão esperado Miami Now, curso de imersão em arte, moda e design que o...

    Leia mais

A Sustentabilidade no Paris Fashion Week por Paula Bedran
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda, Novidades

Quando começam os tão esperados “fashion months”, em março e setembro, os fashionistas de plantão já se programam para acompanhar os grandes desfiles da estação: Chanel (em que Karl LAgerfeld não mede esforços, ou litros d’água, para recriar uma praia artificial em pleno Grand Palais), Dior (em que foram descartados 1100m2 de lona após o desfile), Valentino (em que Pier Paolo Piccioli conseguiu colocar plumas de animais em 98% dos looks, ainda que um pequeno tufo nos sapatos), e assim por diante. Porém, essa história tem mudado sutilmente nas últimas estações, principalmente entre a turma mais consciente e cada vez mais atenção tem sido dada à designers em ascensão, especialmente àqueles com o viés sustentável. Esta mobilização obviamente tem contado com uma grande ajuda de órgãos maiores, como o prêmio LVMH para jovens designers (que tem premiado cada vez mais quem preza a sustentabilidade) conferências de sustentabilidade na cidade, entre outros. As marcas à seguir foram os destaques de sustentabilidade na semana de moda de Paris de setembro:
Marine Serre
Com casas como Dior e Margiela no currículo, Marine Serre não desapontou no que foi a segunda coleção da marca. 50% das peças foi criada de materiais sustentáveis, como cobertores antigos e redes de pesca, e o melhor de tudo é que grande parte são peças de alta costura. Realmente uma obra de arte.
Leonard Paris – Alama
A Leonard Paris, famosa por suas estampas ultra-elaboradas e psicodélicas e seus lenços únicos desfilou nesta temporada em Paris um conceito além das roupas. Em parceria com a ALAMA, marca de bijuterias em que cada peça é feita por uma mulher integrante da tribo Maasai na África. Foram brincos prateados com motivos tribais e colares com várias camadas de adornos e teve até uma peça trabalhada em seda trançada. Mais uma grande marca que se conscientizou!
Anton Belinskiy
Esse ucraniano foi semi-finalista do prêmio LVMH em 2015 e desde então é considerado o mais prometedor entre os estilistas soviéticos. Porém suas roupas em si não são as que merecem o foco da sustentabilidade e sim o projeto que criou: uma espécie de mini fashion week DIY (faça você mesmo) na Ucrânia, aonde os estilistas soviéticos, com o apoio da semana moda oficial da Ucrânia, podem mostrar o seu trabalho e apoiar uns aos aoutros. Só podia ser trabalho de um millennial de 29 anos.

22
out
2018