• Jornalista Michele Pin lança livro “Desafio do Amor Próprio”

    Em 2014, a jornalista e coach de relacionamentos Michele Pin criou o “Help in Love”, um canal virtual onde escreve...

    Leia mais

  • Miami Now – segundo e terceiro dia

    Os últimos dias foram bastante intensos, de muita atividade e muito aprendizado, por isso atualizá-los por aqui foi praticamente impossível....

    Leia mais

  • Miami Now – Primeiro Dia por Paulinha Bedran

    Miami, chegamos! Ontem finalmente começou o tão esperado Miami Now, curso de imersão em arte, moda e design que o...

    Leia mais

  • Verão no Hemisfério Norte vai ser do algodão Por Xico Gonçalves

    Marcas influentes como Off White colocaram o algodão em uma cena sofisticada para o verão 2019/20. Apesar que o algodão...

    Leia mais

  • Carlos Alberto Serpa comemora aniversário em grande estilo

    Na Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa foi comemorado no dia 06/04 ,o aniversário de Carlos Alberto Serpa...

    Leia mais

Ai Weiwei ganha exposição inédita no Brasil
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Cultura, Destaques, Novidades

Já tem data para acontecer a primeira exibição do artista plástico chinês Ai Weiwei em território nacional. A partir de 20 de outubro, a Oca (no Parque do Ibirapuera, em São Paulo) será tomada pela maior exibição solo do chinês já feita, ocupando um total de 8 mil metros quadrados, que reúne instalações-hit do polêmico chinês, famoso por criticar em sua obra o governo de seu país, como Sunflower Seeds (2010), que critica a produção em massa chinesa para países ocidentais, até Forever Bicycles (2014), que empilha mais de 1200 bicicletas para simbolizar a liberdade de se mover. A curadoria de Marcello Dantas também contempla outros trabalhos consagrados do artista contemporâneo como Straight (2008-12) e Moon Chest (2008).
A expectativa, no entanto, fica por conta das obras inéditas que Weiwei está criando especialmente para a exposição. Spoiler: entre as matérias primas selecionadas por ele, estão as raízes centenárias de pequi vinagreiro – árvore já extinta natural de Trancoso, na Bahia. Sua proposta é investigar a cultura brasileira a partir da biodiversidade e da produção de figuras brasileiras, como o dramaturgo e romancista pernambucano Ariano Suassuna, que criou a tipografia de alfabeto armonial e que também terá seu trabalho revisitado a partir do olhar do artista. Em tempo: vale comprar os ingressos (R$ 20 inteira e R$ 10 meia) com antecedência para ter horário marcado de visitação e fugir de filas. Aguardem!

12
ago
2018