• 29º Prêmio da Música Brasileira

    O Theatro Municipal do Rio de Janeiro foi palco do 29º Prêmio da Música Brasileira, que rolou nessa quarta-feira. Este...

    Leia mais

  • Inauguração da nova vitrine da Hermès agitou o shopping Iguatemi SP

    Cocktail marcou a inauguração da nova vitrine da Hermès, nessa terça-feira, no shopping Iguatemi SP, em colaboração com o artista...

    Leia mais

  • Inauguração do ad.studio por Paloma Danemberg leva antiquário moderno ao Shopping Leblon

    Nesta quarta-feira (15/8), Paloma Danemberg abriu as portas de seu ad.studio no Shopping Leblon, rodeada de amigos. É o primeiro...

    Leia mais

  • A Bruxa anda solta Por Xico Gonçalves

    Agosto é considerado o mês das bruxas. A arte de descortinar o futuro está se tornando uma obsessão, graças a...

    Leia mais

  • Ai Weiwei ganha exposição inédita no Brasil

    Já tem data para acontecer a primeira exibição do artista plástico chinês Ai Weiwei em território nacional. A partir de...

    Leia mais

Ai Weiwei ganha exposição inédita no Brasil
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Cultura, Destaques, Novidades

Já tem data para acontecer a primeira exibição do artista plástico chinês Ai Weiwei em território nacional. A partir de 20 de outubro, a Oca (no Parque do Ibirapuera, em São Paulo) será tomada pela maior exibição solo do chinês já feita, ocupando um total de 8 mil metros quadrados, que reúne instalações-hit do polêmico chinês, famoso por criticar em sua obra o governo de seu país, como Sunflower Seeds (2010), que critica a produção em massa chinesa para países ocidentais, até Forever Bicycles (2014), que empilha mais de 1200 bicicletas para simbolizar a liberdade de se mover. A curadoria de Marcello Dantas também contempla outros trabalhos consagrados do artista contemporâneo como Straight (2008-12) e Moon Chest (2008).
A expectativa, no entanto, fica por conta das obras inéditas que Weiwei está criando especialmente para a exposição. Spoiler: entre as matérias primas selecionadas por ele, estão as raízes centenárias de pequi vinagreiro – árvore já extinta natural de Trancoso, na Bahia. Sua proposta é investigar a cultura brasileira a partir da biodiversidade e da produção de figuras brasileiras, como o dramaturgo e romancista pernambucano Ariano Suassuna, que criou a tipografia de alfabeto armonial e que também terá seu trabalho revisitado a partir do olhar do artista. Em tempo: vale comprar os ingressos (R$ 20 inteira e R$ 10 meia) com antecedência para ter horário marcado de visitação e fugir de filas. Aguardem!

12
ago
2018