• Diesel arma uma festa de lançamento do novo smartwatch pilotada por Rafael Zulu

    No dia 21.05, terça-feira, a Diesel armou uma festa de lançamento de seu novo smartwatch pilotada pelo embaixador da marca...

    Leia mais

  • MIL E UMA UTILIDADES Por Xico Gonçalves

    CAMISA A camisa realmente é tudo. É a conexão de vários mundos, um consenso de se vestir elegantemente e ainda...

    Leia mais

  • Tarde de Estilo e Doação

    Ontem 16/05) foi dia de juntar forças em prol da Ong One By One , eu e Marta Isaksen convidamos...

    Leia mais

  • Rio Design Leblon Inaugura Exposição de Fotos

    O Rio Design Leblon comemorou nesta quarta-feira a inauguração da mostra de fotos do projeto Trends, com o tema Novos...

    Leia mais

  • “Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019”

    A 2ª edição do “Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019”, do ID_BR (Instituto Identidades do Brasil), nessa terça (14/05), criado...

    Leia mais

Monte Carlo apresenta coleção Harry Potter
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda, Novidades

A Jolie Monte Carlo lança na próxima terça-feira, dia 31, sua coleção Harry Potter.

Tradicional joalheria brasileira, fundada em 1981, a Monte Carlo tem a Jolie como sua linha exclusiva de charms.

Serão 13 charms de Harry Potter, desenvolvidos em prata, vidro e esmalte com inspiração nos personagens, feitiços e objetos mágicos.

Resultado de um licenciamento com a Warner Bros, os charms trazem as iniciais de Harry Potter, o próprio bruxinho jogando quadribol, o brasão das casas, o chapéu falante, a plataforma do trem mágico, o Pomo de Ouro, as relíquias da morte, o Vira-Tempo, as cores da Grifinória e os feitiços Expecto Patronum, Expelliarmus e Wingardium Leviosa. Estarão à venda nas mais de 40 lojas da Monte Carlo e no e-commerce.


30
jul
2018
A volta da pochete e como usar hoje Por Xico Gonçalves
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda, Novidades

Símbolo do mau-gosto até pouco tempo, as bolsinhas de cintura pochete voltaram em versões coloridas, metalizadas, estampadas e matérias primas de luxo.
A pochete, batizada modernamente de “belt bag” ou “fanny pack”, apareceu nas cinturas em coleções de várias grifes.
Foi mega famosa nos anos 1980/90 e repentinamente passou a ser símbolo do brega.
Que a moda é cíclica todo mundo sabe.
É só reparar na quantidade de vezes que os estilistas recorrem a sucessos do passado para criar suas coleções atuais.
Muitas peças consideradas cafonas foram ressuscitadas pelas marcas mais influentes e ganharam sobrevida graças a esse ciclo da moda.
Agora é a vez da pochete.

A pochete existe há mais de 500 anos
Não há como negar a praticidade deste acessório, que apesar de um pequeno acessório, guarda uma longa história.
No século XII os “modernos” já vestiam pochetes.
Bolsas retangulares eram presas aos cintos e usadas por homens e mulheres.
Um trecho da descrição do cronista florentino Giovanni Villani (1280-1348) prova a existência da peça.
“Nesses tempos as gentes começaram a mudar de hábitos e roupas desmesuradamente. (…) começaram a usar roupas apertadas à moda catalã, colares e bolsinhas na cintura, e na cabeça, a vestir chapéus sobre o capuz. (…)”
Nesta época a pochete, ainda chamada de pockets, se tornou um acessório de moda e começou a ser mais elaborada e enfeitada.
No século XIII a peça ganhou um up grade e foi rebatizada de chatelâines (nome francês, alias, pochete, que vem de pochette, também é francês).
A nova versão tinha correntes de prata e era usada para carregar objetos práticos e de valor, já com status e valor fashion.

Mania de você
Na década de 1980 e 1990 a pochete viralizou.
Em muitas cores e materiais, todo mundo usava, até se transformar em acessório brega.
Diferente de uma roupa que apenas sai de moda e vai para o fundo do armário, a pochete foi banida com estardalhaço.
Depois de muitas décadas de bulling, as coleções atuais e ruas descoladas trouxeram o acessório à cena.
Esse acessório sempre traz um diferencial a mais para o visual, pois foge do senso comum e exige atitude para usar.

Acessório it
A pochete é solução ideal para mulher “on the go”, que tem uma agenda busy e não tem tempo a perder e nem quer ter preocupações do tipo: onde eu deixei minha bolsa?
A peça foi ressuscitada com a onda esportiva que tomou o mundo fashion na temporada de verão 2014, quando a passarela de alta-costura da Chanel foi invadida por pochetes e outros itens inspirados no sportswear.
Foi proposta também do estilista Alexander Wang que juntou o utilitarismo presente na sua coleção à praticidade de se carregar tudo em uma bolsa acoplada à cintura.
Desde então, o acessório apareceu em marcas influentes como a Gucci e Dior, confirmando a tendência.
A badalada etiqueta americana Supreme criou pochetes desejo para a Louis Vuitton e para a marca própria.
Adote já
· Use enviesada no corpo com a bolsa na frente ou nas costas.
· O acessório é super útil para deixar as mãos e braços livres, além de forçar a carregar estritamente o necessário para sair.
· Quem ainda não está convencida, escolha um modelo pequeno e em cor neutra, como preta ou marrom.
· Qualquer bolsa pode virar pochete, é só ser pequena e estruturada
· Invista em modelos clean, não tão volumosos ou com materiais esportivos.
· Combina com jeans, shorts e até vestidos

Uma bolsa pequena também pode virar pochete
Se você não pretende investir em uma pochete, porque não comprar uma bolsa que também pode virar pochete?
Essa é, com certeza, a melhor solução para quem está em dúvida em aderir essa tendência.
Talvez você até tenha uma bolsa em casa que pode transformar em pochete.
Qualquer bolsa pequena e que tenha como ser amarrada na cintura pode se transformar em pochete.



30
jul
2018
COLETIVO CARANDAÍ 25 FAZ SUA ESTREIA NA BARRA COM EVENTO NO VILLAGEMALL
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Eventos, Gastronomia, Moda, Novidades

Movimento de pequenos produtores de moda capitaneado por Tatiana Accioli, o Coletivo Carandaí 25 realizou ontem, dia 26, sua estreia na Barra da Tijuca com evento no VillageMall. Com lista assinada pela dupla de rp’s Nina Kauffman e Ana Paula Barbosa, o coquetel de abertura reuniu grande público . Para essa edição especial, são 85 marcas envolvidas, entre elas Manu Manu, Bossa Social, EMI Beachwear, Carol Mac Dowell, BarbaraH, Renata Alt, Annaka, LOV2Wear e Club Resort. Integram o grupo também expositores da Feira na Rosenbaum, de São Paulo.

O evento continua nos próximos dias, até domingo, 29 de julho, e conta com programação musical com curadoria de Fabio Santanna, gastronomia e palestras de convidados da Agenda Carioca, da jornalista Antonia Leite Barbosa.
Fotos Giane Carvalho


27
jul
2018