• Diesel arma uma festa de lançamento do novo smartwatch pilotada por Rafael Zulu

    No dia 21.05, terça-feira, a Diesel armou uma festa de lançamento de seu novo smartwatch pilotada pelo embaixador da marca...

    Leia mais

  • MIL E UMA UTILIDADES Por Xico Gonçalves

    CAMISA A camisa realmente é tudo. É a conexão de vários mundos, um consenso de se vestir elegantemente e ainda...

    Leia mais

  • Tarde de Estilo e Doação

    Ontem 16/05) foi dia de juntar forças em prol da Ong One By One , eu e Marta Isaksen convidamos...

    Leia mais

  • Rio Design Leblon Inaugura Exposição de Fotos

    O Rio Design Leblon comemorou nesta quarta-feira a inauguração da mostra de fotos do projeto Trends, com o tema Novos...

    Leia mais

  • “Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019”

    A 2ª edição do “Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019”, do ID_BR (Instituto Identidades do Brasil), nessa terça (14/05), criado...

    Leia mais

Monique Alfradique no Coquetel da CL Joias
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Eventos, Moda

A CL Joias fez um coquetel, na loja do Shopping Rio Sul, para comemorar a nova campanha da marca estrelada por Monique Alfradique. Atarde foi animada pela DJ Marie Bouret e contou com a presença de diversas influncers como Carol Neves Ribeiro e Adriana Conti. Sempre inspirada em mulheres reais, inteligentes e conscientes, a marca acredita que o luxo deve ser acessível, divertido e parte do cotidiano.
Fotos Renato Wrobel

11
maio
2019
Bianca Gibbon agita Ipanema, com exposição de peças para Dia das Mães
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Eventos, Moda

Na última quinta-feira, 9 de maio, Bianca Gibbon inovou ao apresentar,
sob forma de exposição, a linha especial que criou para o Dia das
Mães. Conhecida pelos lançamentos badalados, a designer mostrou as
novidades em manequins espalhados pelo térreo da galeria Ipanema 2000,
onde fica a loja da BG. O espaço foi ambientado com mesas, para dar a
atmosfera dos cafés de Saint-Germain-des-Prés, bairro parisiense que
inspirou o inverno 2019 da marca feminina carioca. Quem esteve no
agito, se encantou com as roupas estampadas por gatinhos, para mães e
filhas, da coleção cápsula que conta com alguns itens infantis. Outro
hit foi o smoking preto, em paetê, que esgotou, mas já recebeu
reposição. Os convidados receberam mimos, com uma revitalização facial
da Adcos.
Fotos Leo Marinho

11
maio
2019
Alfaiataria Moderna Por Xico Gonçalves
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda

A volta dos paletós abre uma boa perspectiva de acertar o presente do dia das mães.

Mulheres de qualquer idade e tipo físico precisam de um paletó no armário.

É uma das poucas peças que podem ser usadas o ano todo.

E as marcas de luxo se deram conta do potencial deste básico consagrado.

Se existe uma peça unanimidade nas passarelas das duas últimas temporadas da moda internacional, sem dúvida foi o paletó.

É a peça mais versátil do figurino moderno.

Veste bem em viagem, vira uniforme profissional e protege o corpo (e os decotes) em qualquer estação.

E o melhor de tudo é que “corrige” a estrutura do corpo por ser uma peça estruturada e com ombros retos.

Consegue até aumentar o tamanho das pernas, se a calça for de cor neutra e o paletó em tom de destaque.

E se na hora da compra existir uma calça ou saia no mesmo tecido, adquira sem pensar. O conjunto se transformará em um curinga tão perfeito quanto os trajes para os homens.

PALETÓ, VERSATILIDADE COMPROVADA

Quem já usou um paletó bem cortado sabe que esta é uma das peças mais versáteis do guarda roupa.

A estrutura dos ombros, recheada por pequenos enchimentos, o estilo de modelagem e o formato limpo diminui visualmente a largura dos quadris (além de tapar) e proporciona as mulheres a mesma autoridade e poder que o paletó empresta aos homens.

O PALETÓ PERFEITO

Forro

  • O forro deve ser em material macio, no mesmo tom e qualidade do tecido do paletó, com folga na bainha.

Gola

  • A gola deve encostar suavemente no pescoço e cair em “V” fechado.

Lapelas

  • Devem cair perfeitamente, sem franzidos, nem macias e nem rígidas.

Ombreiras

  • As ombreiras devem sustentar o ombro e o caimento da manga e ficar invisíveis no tecido do paletó.

Materiais

  • Os materiais clássicos são os melhores: lãs frias e gabardines, crepe, microfibra, tecidos com fio elastano.

Costas

  • Devem ter folgas suficientes, para o movimento dos braços.

Cores

  • Tradicionais que combinam com tudo e com todas as estações: tons de cinza, bege, camelo, marinho, marrom e o preto.

Entretelas

  • Importantíssimas. Devem ser adequadas ao tecido para não formar bolhas e nem ficar rígido.

Abotoamento

  • Botões na cor do tecido aceitam mais combinações.
  • O casaco precisa vestir bem abotoado ou não.

Bolsos

  • Bolsos bem colocados devem ter forros macios e nunca abrir.

Comprimento da bainha

  • O comprimento da bainha deve cobrir as nádegas até o início das coxas nas modelagens eternas.

Mangas

  • Devem cair natural, sem rugas, do ombro ao punho e presas na cava sem franzidos e costura impecável.

Comprimento punho

  • A bainha deve apenas roçar no dorso da mão ao dobra-la para cima.

OS TIPOS DE PALETÓS

TRADICIONAL

Como o paletó é um item que pode sobreviver a muitas estações a preferência deve ser para modelagens tradicionais, com lapelas moderadas, botões clássicos no tom que permitem o uso a qualquer hora e com qualquer combinação de roupas ou cores e tecidos de meia-estação, ideais para qualquer clima.

O paletó eterno no guarda roupa não pode ter modismos, golas trabalhadas, bolsos detalhados ou interferência de outra cor.

O investimento deve ser na qualidade do tecido e acabamento.

  • No formato tradicional (como a dos homens) o paletó sempre será elegante e útil vestindo bem qualquer formato de corpo.
  • A modelagem tradicional tem pequenas penses na modelagem para acomodar as curvas femininas. Pode ter o abotoamento simples ou traspassado.
  • A bainha deve ser reta, sem nenhuma curva e as entretelas bem fixadas ao tecido.
  • Se o paletó tiver talhos nas laterais ou atrás, devem cair retos fechando completamente.
  • As ombreiras nunca devem ser exageradas e nem marcar por fora.

PALETÓ AJUSTADO OU BLAZER

A forma é tradicional, mas ajustada por pences ou recortes mais fundos para aproximar o casaco do corpo. Geralmente são mais curtos.

  • Esta modelagem exige silhueta esguia. Pode expor o que não merece ser mostrado (especialmente em volta da cintura).
  • O formato destaca bumbum volumoso, busto extragrande, quadris largos e/ ou cintura grossa.
  • Favorece mulheres de pouca altura ou pouco busto.

PALETÓ CARDIGAN OU RETO

Reto como o cardigan, tem modelagem confortável e emagrecedora.

  • Paletós neste formato devem cair retos do ombro até a bainha.
  • Usados com peças ajustadas como a saia ou calça de cor semelhante ou igual, alongam e afinam a silhueta.
  • O comprimento ideal deve tapar as nádegas.
  • Tática para esconder quilos a mais em qualquer parte do corpo.
  • Podem ser usados com cintos para marcar a cintura.

PALETÓ CHEMISIER OU MILITAR (SAFÁRI)

Ideal para tecidos macios, quase sempre sem forro, pode ser usado com ou sem cinto.

  • Use em tecidos de algodão para o dia e sedosos para a noite.
  • Atenção ao excesso de bolsos e lapelas que criam volumes onde se posiciona.

    PARIS, FRANCE – FEBRUARY 28: A model walks the runway during the Off-White show as part of the Paris Fashion Week Womenswear Fall/Winter 2019/2020 on February 28, 2019 in Paris, France. (Photo by Pascal Le Segretain/Getty Images)

06
maio
2019