• EMPORIO ARMANI Outono Inverno 2019 – Milão Fashion Week por Xico Gonçalves

    “There’s nowhere I’d rather be” serviu de trilha para a águia do Empório Armani abrir no cenário e pousar como...

    Leia mais

  • Bloco do Copa sempre um sucesso

    Pelo terceiro ano consecutivo, a varanda do Belmond Copacabana Palace sediou o badalado evento Bloco do Copa ontem (17/02). Após...

    Leia mais

  • Martu lança coleção de carnaval

    O que deveria ser o lançamento de uma coleção de carnaval se transformou em um evento do calendário do carnaval...

    Leia mais

  • Deborah Secco é coroada Rainha do Camarote Allegria

    A atriz Deborah Secco foi coroada Rainha do Camarote Allegria, que contará com sete dias de festas na Sapucaí, na...

    Leia mais

  • Granado Pharmácias A botica mais tradicional do Brasil

    Fundada em 1870 pelo português José Antônio Coxito Granado, a Granado ficava na Rua Direita, 14/16, no Centro da cidade...

    Leia mais

Contorno facial: os segredos para realçar e definir o rosto
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Beleza, Destaques, Novidades

Truque centenário e até outro dia restrito a maquiadores profissionais, o contour perde o mistério e se torna o artifício número 1 para realçar e definir o rosto. Victoria Ceridono ensina como usar

Não há termo mais quente no universo da beleza hoje que contour – o que não deixa de ser intrigante, uma vez que o jogo de luz e sombra que cria volumes e realça o rosto é velho conhecido dos pintores renascentistas e usado há décadas por maquiadores profissionais em fotos e vídeos. Mas é justamente este o pulo do gato: da noite para o dia, o contorno ganhou as ruas e virou um truque “vida real” – basta observar a quantidade de produtos lançados especificamente para esse fim nos últimos meses e a proliferação de tutoriais sobre o assunto no YouTube.


Irresistivelmente simples e eficaz como feijão com arroz, o contorno é um truque de maquiagem indetectável, mas capaz de realçar seu rosto em questão de segundos. Em tempos de satisfação imediata, exposição constante e filtros que transformam uma foto boba em um ótimo (auto)retrato, ele se tornou a melhor opção tanto para quem gosta de fazer maquiagem completa quanto para as adeptas do “make nada”.

Ainda que popular e possível de ser feito em casa, adotar o contour assusta muita gente. É que, apesar de simples de ser executado, pode ter resultados desastrosos quando mal utilizado e, por ser uma técnica importada do universo da fotografia, deve ser suavizado para a vida real (Kim Kardashian que o diga). Além disso, é preciso ter o produto adequado e treinar um pouco até pegar o jeito – estudar seu rosto e entender quais pontos deverão ser “afundados” e quais ressaltados é a chave para se sair bem.

Mais do que afinar, o objetivo do contorno moderno é a de refinar suas feições, criando a ilusão de bochechas mais definidas (use como referência o osso e escureça logo abaixo dele executando um movimento diagonal); sombreando estrategicamente a linha da mandíbula e laterais do nariz e testa; e iluminando abaixo dos olhos, das sobrancelhas e no centro da testa e do queixo.

O mapa do rosto contornado – basta dar um Google com as palavras-chave para encontrar inúmeras opções – ajuda a entender melhor esse passo a passo. E na esteira da popularização da técnica, surgiram outros ótimos recursos como o aplicativo Pocket Contour, da Sephora americana, que analisa sua foto para detectar o formato natural do seu rosto e, então, sugerir onde usar a luz e onde se beneficiar da sombra.

Com tantos produtos sendo lançados em nome da técnica, não é nada fácil escolher o ideal. A versão mais simples é o duo, com um tom escuro para “afundar” e um claro para iluminar – prático e à prova de erros. Já os kits que trazem uma gradação de tons, caso do trio da Smashbox e da paleta com cinco cores da Laura Mercier, dão a possibilidade de brincar com efeitos diferentes, do mais suave ao mais dramático. São também uma alternativa para recorrer à técnica tanto no inverno quanto no verão, quando o rosto fica mais bronzeado.

Em relação à textura, há duas opções: em pó, que deixa o resultado mais evidente (aplique com um pincel e deixe a mão bem leve para não cometer exageros); e cremosa, que tem acabamento mais sutil e pode ser espalhada com o dedo – escolha entre os estojos compactos ou bastões e lápis gordinhos, que permitem uma aplicação direto nos pontos-chave. Outra opção é usar o pó bronzant de todo dia para fazer contour. Mas cuidado: o efeito é menos discreto, uma vez que esses produtos têm subtons quentes para aquecer a expressão e dar o toque bronzeado. A nuance de marrom ideal para o contorno é mais fria para melhor simular o tom de um sombreado: “Para um resultado indetectável,o produto deve ter fundo acinzentado, já que as sombras que vemos no dia a dia são na verdade cinza, e não marrons”, explica a maquiadora Wendy Rowe, consultora criativa da Burberry.
É fundamental caprichar na hora de espalhar – um traço muito forte ou muito marcado é o maior pecado do contorno na vida real, então evite passar muito produto e suavize as bordas com um pincel limpo. Nesse caso, menos é definitivamente mais.

18
ago
2018
Inverno – A melhor época para cuidar da pele Por Jéssica Zarro
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Beleza

Nosso inverno está quase acabando, mas que tal aproveitar esse dias mais fresquinhos para investir na cútis?
Os procedimentos estéticos mais procurados nessa época são os peelings químicos, laser CO2 fracionado, ultrassom microfocado, laser de depilação e de remoção de tatuagens.
Ao fazer esses procedimentos, a pele é agredida como um todo, e por isso, fica muito sensível. A exposição ao sol deve ser evitada, a fim de evitar manchas e cicatrizes, no pós procedimento. Como a incidência dos raios solares é menor no inverno, fica mais fácil seguir essa orientação.
A pele no inverno fica naturalmente mais ressecada , sendo fundamental o uso de hidratantes. Assim como do filtro solar, mesmo que a incidência solar seja menor, ainda assim ela existe.
Os banhos muito quentes devem ser evitados porque removem a oleosidade natural da pele, deixando a ainda mais ressecada.
Durante o inverno é muito comum que as pessoas diminuam a ingestão de líquidos, um erro brutal. Manter a ingestão de água é extremamente importante para conservar a hidratação da pele.

13
ago
2018
DIA DO COLÁGENO NA CLINICA LEEV WELL
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Beleza

Bate papo sobre o assunto rendeu dicas valiosas

para o cuidado com a pele

Uma das formas de melhorar a estrutura, firmeza e elasticidade da pele são através do colágeno. A partir dos 30 anos de idade a nossa produção de colágeno começa a cair, e aos 50 nosso corpo produz apenas 33% do colágeno necessário. No dia 26 de julho é comemorado o dia dos Avós, e por isso a clínica Leev Well, sob a coordenação da Dra. Jéssica Jarro, localizada na Av. Olegário Maciel, 366, na Barra da Tijuca, preparou uma programação especial, o Dia do Colágeno, com um bate papo descontraído sobre a importância desta proteína no corpo e seus benefícios para a pele.

Na ocasião, a Dra. Jéssica Jarro, realizou uma palestra explicativa falando sobre vários assuntos, por exemplo, como repor o colágeno perdido, através do procedimento de Sculptra que é um é um bio estimulador de colágeno, composto por ácido poli-Láctico, uma substância totalmente absorvível pelo nosso organismo. O tratamento tem como função restaurar e melhorar a flacidez e o contorno facial.

Artistas e socialites marcaram presença no evento, como atriz Guta Stresser, que está em Malhação, Aymara Limma, premiada internacionalmente que volta ao Brasil para relançar o curta “Incondicional”, após temporada nos Estados Unidos, dentre outras. O evento ainda contou com coquetel de boas-vindas, exposição das semijoias finas e joias em prata da Momento de Luxo, comidinhas veganas, e para completar degustação da nova água mineral Hay Up, com ph 9,75 alcalina, essencial para o equilíbrio da acidez do sangue com boas resenhas para se cuidar e manter-se jovial.

“A deficiência de colágeno causa flacidez, desidratação e perda de elasticidade da pele, diminuição da espessura do fio capilar, os músculos ficam mais flácidos, os ligamentos e articulações perdem elasticidade e a densidade óssea diminui. O desgaste do colágeno ao longo do tempo é acelerado por radicais livres, que são os subprodutos tóxicos das células danificadas, causado por má alimentação, sol em excesso, poluição, tabagismo, uso de álcool, estresse e envelhecimento causado pelo declínio hormonal,” foi uma de suas falas durante o bate-papo com a mulherada, da Dra. Jéssica Zarro.
Fotos Vera Donato

30
jul
2018