• Jornalista Michele Pin lança livro “Desafio do Amor Próprio”

    Em 2014, a jornalista e coach de relacionamentos Michele Pin criou o “Help in Love”, um canal virtual onde escreve...

    Leia mais

  • Miami Now – segundo e terceiro dia

    Os últimos dias foram bastante intensos, de muita atividade e muito aprendizado, por isso atualizá-los por aqui foi praticamente impossível....

    Leia mais

  • Miami Now – Primeiro Dia por Paulinha Bedran

    Miami, chegamos! Ontem finalmente começou o tão esperado Miami Now, curso de imersão em arte, moda e design que o...

    Leia mais

  • Verão no Hemisfério Norte vai ser do algodão Por Xico Gonçalves

    Marcas influentes como Off White colocaram o algodão em uma cena sofisticada para o verão 2019/20. Apesar que o algodão...

    Leia mais

  • Carlos Alberto Serpa comemora aniversário em grande estilo

    Na Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa foi comemorado no dia 06/04 ,o aniversário de Carlos Alberto Serpa...

    Leia mais

Forum Ipanema celebra sua decoração de Natal feita por Isabella Ruas, com desfile alto verão, produção de Marlon Portugal e Camerata de violinos do Projeto Uerê
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Eventos, Moda

O Forum Ipanema inaugurou na noite de ontem (28/11) sua decoração de Natal feita pela interior designer Isabella Ruas que veio especialmente de Barcelona para decorar a galeria com o tema Décor Ceia de Natal. O evento também contou com um desfile alto verão com o apoio das grifes da galeria e produção de Marlon Portugal em parceria com a revista Mais Influente. Antes do desfile teve a performance da Camerata de violinos do Projeto Uerê idealizado por Yvonne Bezerra de Mello. Fernanda Chies, Sueli Bombieri e Claudia Januzzi estiveram por lá. Veja nas fotos de José Olímpio.

29
nov
2018
ADEGA HARA LANÇA KITS DE FIM DE ANO
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Novidades

A Adega Hara, loja especializada em vinhos na Barra da Tijuca, apresenta ótimas opções de presentes de fim de ano. Além de rótulos para todos os gostos, foi elaborada na loja uma linda cesta com alça de couro que acompanha três diferentes tipos de espumante, o Mionetto Vivo Rosé, o Mionetto Prosecco DOC Treviso e o Mionetto Vivo Cuveé Oro (R$ 358,00). Também é possível harmonizar os vinhos da adega com panettones Fasano (tradicional R$ 160,00 e receita especial R$ 220) ou Havanna (R$ 89,00).

29
nov
2018
VERÃO DAS ESPADRILLES Por Xico Gonçalves
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda, Novidades

Figura carimbada nos looks do calor europeu, a espadrille é um item básico no estilo despojado-chic das francesas há muito tempo.
É uniforme no circuito Nice, Cannes e circula confortável nas ilhas gregas vestindo homens e mulheres.
O solado de corda é a assinatura desse calçado cheio de história, que se reinventa a cada ano e aparece como uma proposta forte para a temporada verão 2019.
A tendência pisa tão poderosa que até a maison Chanel lançou uma versão de espadrille, inspirada no clássico sapato bicolor da marca.
Espadrille ou alpargatas, seja qual for o nome usado, é sempre este sapato tradicional projetado com uma lona ou pano superior e solado de corda.
Se convencionou no Brasil chamar de alpargatas os de sola rasteira e espadrille os calçados com salto alto.
Muitos acreditam que a origem é francesa, devido ao nome como é conhecido: espadrilles.
No entanto, a ideia de trançar Espartos, uma planta que se assemelha a uma palha e que produz fios bem resistentes, surgiu na Espanha, país que ainda é o principal produtor.
A planta “espa-rtos” batizou as “espa-drilles”.
Foi um rei chamado Aragon, que usava espadrilles para isolar os pés do frio, do calor e da umidade, que também considerou o calçado ideal para o uso dos militares.
Os soldados de Aragão e Catalunha usaram espadrilles ao vencer batalhas e aos poucos este calçado vitorioso começou a vestir também os camposes e pescadores na Espanha.
Este calçado era originalmente fabricado pelo alpargateiro, o sapateiro medieval especializado em fazer sapatos espadrille na região dos Pirenéus do norte da Espanha.
O termo alpargatas se originou do nome destes profissionais.
O alpargateiro trança a sola para criar o sapato e na sequência, uma costureira concluí o trabalho de pespontos na parte superior, feito de linho e tecido.
O resultado é um calçado leve e flexível – perfeito para o clima quente e estilo de vida ativo e que faz sucesso em todos verões.
As espadrilles já se tornaram uma tendência da moda, em vez de um item puramente funcional.
Até famosos como Pablo Picasso adotaram o espadrille, disseminando o uso deste calçado em todo mundo.
Durante a década de 1940, as musas do cinema popularizaram o estilo.
Grace Kelly, Lauren Bacall e Rita Hayworth entre outras divas, se renderam ao charme despojado das espadrilles, causando um “frisson”, como se dizia na época.
A tendência de espadrille continuou nos anos 1950 e 60, mas depois de um tempo, o modelo antigo ficou um pouco cansado.
Reconhecendo a oportunidade de reinventar o clássico sapato de verão, Yves Saint Laurent decidiu criar uma nova versão.
Ele se reuniu com o tradicional fabricante espanhol Castañer em uma feira em Paris no final dos anos 1960 e encomendou uma espadrille com um detalhe inovador: o salto, deixando a modelagem bem feminina.
Então em 1970, a espadrille anabela cruzou a passarela da grife francesa Yves Saint Laurent em passos firmes para o sucesso.
Foi o impulso que precisava para popularizar o estilo entre as descoladas da época
Depois desse sucesso todo e com a benção de Saint Laurent, as divinas espadrilles se consagram como clássicos do armário feminino.
A espadrille moderna lacra geral com o salto revestido com materiais ainda rústicos, como ráfia, palha, juta e cordas trançadas, lembrando as matérias primas originais.
Algumas trazem tiras enroladas na perna, mas esse modelo de sandália não favorece canelas grossas.
E dependendo do comprimento da saia, vestido ou calça pode encurtar o corpo, principalmente nas pequenas de altura.
Estes calçados só não combinam com roupas formais e dias de inverno e o uso deixa qualquer look informal.
Por isto, com eles vista roupas descontraídas ou peças no look náutico.
Ideal também com jeans e para os looks “All White”.


29
nov
2018