• Verão tem tudo que o carioca gosta!!!!

    O verão é a estação mais quente do ano, com temperaturas elevadas. Fiquem de olho na hidratação, pois a falta...

    Leia mais

  • Nome & Sobrenome Por Xico Gonçalves

    Muitas mulheres ao calçar um sapato salto Anabella desconhecem a origem do nome escolhido pelos fabricantes para este produto de...

    Leia mais

  • Estrela Guia Por Xico Gonçalves

    O mundo sofisticado perdeu sua representante mais nobre. A estrela guia da sociedade do Rio de Janeiro saiu de cena....

    Leia mais

  • O decorador Amaro Leandro comemora aniversário cercado por amigos

    Cristina e Claudio Aboim receberam 120 amigos e amigas em sua residência no edifício Caparaó,  para almoço do aniversariante Amaro...

    Leia mais

  • I Love Miami por Xico Gonçalves

    A moda para o verão 2019 parece ter se inspirado em Miami com suas candy colors (tons aquarelados) e linhas...

    Leia mais

Escolhendo o que servir Por Mery Siqueira
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Novidades

A primeira coisa a se pensar durante a elaboração do menu do seu evento é se algum convidado tem alguma restrição alimentar. Seria muito indelicado servir frutos do mar para um convidado que é alérgico ou carne vermelha para um convidado que é vegetariano.
Os pratos não devem se repetir durante a realização do jantar e nem a forma de preparo. Não faz sentido servir dois tipos de peixes ou duas massas, mesmo que em composições diferentes como a doce e a salgada.
A comida não deve ser servida de forma exagerada ou em excesso ao ponto que o seu convidado não consiga degustar tudo o que lhe é servido. A refeição deve seguir de forma harmônica, onde um prato completa o outro sem atropelos e na proporção correta para que o seu convidado consiga apreciar todos os pratos sem ficar empanzinado.
Ao elaborar o menu de um jantar, tenha em mente que você também é um convidado e deve aproveitar o evento.
Sempre que for realizar um jantar ou mesmo um happy hour, deixe a disposição de seus convidados uma bandeja com gelo, água com e sem gás, refrigerante normal e diet, suco normal e diet. As outras bebidas como cerveja, vinho, licores, etc. devem ser escolhidas de acordo com a preferência dos seus convidados e de acordo com o menu a ser servido.
Com o menu definido, agora é o momento de pensar nas quantidades do que vai ser servido.
Quantas pessoas vão participar do jantar? Qual a idade dos convidados? Quantos são homens? Qual vai ser o tempo de duração do evento? Qual é o perfil dos convidados? Quando vai ser o seu jantar? Todas essas questões influenciam na hora de definir a quantidade de comida a ser comprada.
Definir o número de convidados é a base de tudo. O número de convidados é o número de preparações de cada prato a ser servido. Convidados jovens tendem a consumir mais bebida do que os mais velhos. Os convidados homens comem mais do que as mulheres.
Se antes do seu jantar for servido um coquetel volante, sirva alimentos leves e refrescantes no verão e quentes e leves no inverno.
Caso alguns dos seus convidados não consumam bebidas alcoólicas, você deve diminuir as quantidades de vinhos, cervejas e espumantes e aumentar as quantidades de sucos e refrigerantes. No verão o consumo de bebidas refrescantes é maior do que no inverno.
Segue abaixo algumas sugestões de proporção para que você possa usar como orientação ao definir as quantidades de comida e bebida para o seu jantar.

29
out
2018