• A Artefacto marcou presença na abertura da 28ª edição do Casa Cor Rio

    A Artefacto marcou presença na abertura da 28ª edição do Casa Cor Rio na tarde deste domingo, 16/09, na antiga...

    Leia mais

  • Vestido e calça jeans fazem combinação da vez!

    A tendência das sobreposições continua com força total. Seja com uma blusa por cima da camisa ou de dois casacos,...

    Leia mais

  • Moda Animal Por Xico Gonçalves

    O Animal Print insiste em permanecer na moda com unhas e garras. Esta é uma estampa que por mais diferenciada...

    Leia mais

  • Dia de festa no Rio Design Barra

    Com um time de convidados especiais, o Rio Design Barra celebrou mais uma edição do RD Experience. A tarde começou...

    Leia mais

  • Dia de Princesa à base de produtos com ativos naturais em 10 passos, pelo Spa Deia e Renata Por Paula Bedran

    Num país que exporta tantos ingredientes naturais para cosméticos e produtos de cabelo, é um tanto triste perceber a dificuldade...

    Leia mais

Gola Em Alta Por Xico Gonçalves
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda, Novidades

Duas peças best-sellers dos anos 1960 pintaram em passarelas influentes como a de Balenciaga e na Prada.
Prepare-se para a gola rulê e as minissaias, ícones dos sixties que voltam para repetir o sucesso do passado.
A inovadora década de 1960 é a mais nova tendência antiga que a moda está recuperando
A volta da Rulê
É rulê, rolê ou roulé, como em francês?
Seja como for, ela está de volta.
A origem da gola rulê atual (que também é conhecida como gola olímpica, turtleneck ou Cacharel) vem dos uniformes dos operários nas fábricas japonesas, no período pós-guerra.
Como os funcionários não tinham o que vestir, as grandes companhias forneciam a blusa como um uniforme, que virou uma maneira de vincular o funcionário à empresa.
Inspirado por esta história, o estilista Issey Miyake, criou os uniformes para os funcionários da Sony.
Quando esteve no Japão, nos anos 1980, Steve Jobs conheceu Miyake e encomendou para ele um modelo preto de gola alta (como os criados para Sony) para virar sua marca registrada ao se apresentar publicamente.
Origem da rulê
Porém, a gola rolê já fazia parte da moda ocidental desde o século XV, adornada com babados e principalmente na moda masculina europeia.
No entanto, foi no século XIX que ela tomou as formas que conhecemos hoje, usada por trabalhadores, artistas e intelectuais. A partir do século XX, ela ganhou ares de contracultura e rebeldia, sendo quase um uniforme dos existencialistas, que décadas depois seriam apelidados de beatniks.
Um exemplo de look beatnik foi usado por Audrey Hepburn no filme “Cinderela em Paris”.
Embora Greta Garbo já fosse adepta da gola alta nos anos 1930, foi a partir de 1940 que as divas do cinema ficaram realmente marcadas pela turtleneck.
Ícones da moda, estrelas de cinema como Lauren Bacall, Audrey Hepburn, Marilyn e Brigitte Bardot, posaram para muitas fotos com as blusas de gola alta.
Mas a gola alta alcançou o topo, na geração que amava os Beatles e os Rolling Stones, no início da década de 1960.
Foi a modelo e atriz Twiggy, muito magra, com seus cabelos curtíssimos e cílios inferiores pintados com delineador, que incentivou as mulheres a perderem peso para se enfiarem nas malhas de gola alta.
Com ela surgiu a silhueta graveto, com mulheres tipo “sem”.
Sem bumbum, sem seios e sem quadris.
Nos anos 1970 a gola alta surgiu remodelada e com o nome do estilista francês Cacharel, embora ele nunca tenha criado nada semelhante. Este formato de blusa viralizou na época.
Adote já
• Peças com a gola cobrindo todo o pescoço, são associadas às temperaturas baixas, mas em fios leves podem ser usadas também no verão e ficam encantadoras com mangas curtas ou cavadas.
• A gola rolê é bom recurso para alongar a silhueta e o rosto e poderosa para disfarçar pescoços maduros.


Actress Marilyn Monroe at home.

14
jun
2018
Tragga abre no Fashion Mall
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Gastronomia

Tragga Grelhados Premium, este é o novo conceito do restaurante que abre sua terceira unidade, no Fashion Mall. Com isso, os grelhados serão o novo carro-chefe da casa, desde frutos do mar até às carnes mais nobres. “Oferecer diferentes tipos de grelhados. Esse será o nosso foco a partir de agora”, comenta Hygor Gomes. O restaurante Tragga chega trazendo também uma nova identidade visual e um novo projeto arquitetônico, com um ambiente mais jovem e despojado.

Entre as novidades grelhadas, lula com tentáculos (R$ 55,00), magret de canard (R$ 56,00) com molho de laranja e flor de sal, pernil de cordeiro desossado (R$ 76,00), lombo de bacalhau (R$ 72,00), acompanhado de creme de espinafre, batatas ao murro e alho frito, ribeye cap (R$ 116,00), capa do filé da costela altamente marmorizada, e o porterhouse (R$ 174,00), peça de 1kg, famosa pelo osso que divide o filé mignon do contrafilé (para duas ou até três pessoas).
Para acompanhar, opções deliciosas como, palmito pupunha com manteiga de ervas e flor do sal (R$ 28,00/47,00), batatas tupungato (R$ 29,00) batatas calabresas com alho poró e cogumelos trufados, farofa especial (R$ 21,00) de farinha panko cebola, aji molido e castanha de caju, legumes grelhados (R$ 28,00), risoto de limão siciliano (R$ 31,00).
O menu executivo do Tragga, servido no almoço de segunda a sexta-feira (exceto feriados), inclui uma carne, frango ou peixe assado na grelha, dois acompanhamentos e uma sobremesa. Entre as sugestões bife à milanesa (R$ 39,00), rump steak (R$ 46,00), coxa e sobrecoxa (R$ 32,00) e salmão (R$ 48,00).
O projeto da nova casa é assinado pela arquiteta Mariana Debize, do M Studio, que aproveitou ao máximo a estrutura do espaço, acrescentando novos elementos arquitetônicos e um mobiliário diferenciado para criar um ar mais jovem e moderno, mas sem perder a essência da casa. Pela parede do salão sobe em forma de onda uma estrutura de madeira que também cobre o teto, causando um efeito especial garantindo uma melhor acústica do local. As janelas pivotantes envidraçadas foram incluídas para manter o clima de varanda e aproveitar a iluminação natural. “É um espaço com sofisticação, mas com um clima mais descontraído, já que o restaurante está próximo à praia”, completa Mariana.
Ficaram curiosos ? Hoje estive lá e adorei
Fashion Mall: Estrada da Gávea, 899 – loja 154 – São Conrado – Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 3324-1395

14
jun
2018
Decor por Carlos Lamoglia para Sunset no Ilha Pura
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Eventos, Novidades

Ontem foi dia de Sunset Party no Deck do Ilha Pura na Barra da Tijuca. O evento contou com apoio da Chandon , Buffet do Aquim e Decor de Carlos Lamoglia . Segue alguns registros de como ficou a produção.

14
jun
2018