• Camisa social repaginada Por Layla da Fonseca

    Mais um ano finalizando e tem tendência que chegou e a gente não abandonou, né!? Me lembro como se fosse hoje da NYFW que trouxe a clássica camisa social super...

    Leia mais

  • Projeto reúne mulheres badaladas na capital paulista em prol de ONG.

    O Projeto Eu+SET criado por Priscila Bentes – CEO do Circuito Elegante, e que reúne um time de mulheres influenciadoras do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, trazendo...

    Leia mais

  • Bruno Astuto comemora o “Planeta Ela” na varanda do Copacabana Palace

    Capitaneado por Bruno Astuto, cariocas incríveis deram um pulo na varanda do Copacabana Palace para comemorar o “Planeta Ela”, nova plataforma de OGLOBO. Confira nas fotos de Bruno Ryfer quem...

    Leia mais

  • Mabo Nova Joalheria no Mercado por Anna Clara Tenenbaum

    A Mabo é uma nova marca no cenário da joalheria. Participou do Joia Brasil na IDA ( Feira de Design do Rio) , evento conjunto a ArtRio em setembro de...

    Leia mais

  • Afghan: A renovação da marca começa pela Tijuca

    Vivendo um novo momento de pura renovação, a Afghan reabriu uma loja completamente nova no Shopping Tijuca. A mega inauguração ocorreu no dia 08/12 e conta com projeto do arquiteto...

    Leia mais

A estampa da próxima estação – Vichy – Por Lorena Campello
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Moda, Novidades

A estampa em xadrez, bem pequeno, que foi hit nas décadas de 50 e 60, promete fazer sucesso na próxima estação – basta olhar as redes sociais de quem está curtindo o verão europeu para perceber que todas as it girls estão usando e abusando do print que nos faz lembrar toalhas de pic-nic.
Dessa vez o vichy foi repaginado e ganhou uma releitura mais atual através de peças mais moderninhas.
Além da clássica combinação em preto e branco, também aparece em tons de vermelho e azul.
As composições com saias, sejam elas curtas ou de comprimento midi, são ótimas para deixar o look mais descolado; mas não pensem que para por aí não! A estampa irá invadir os acessórios, como bolsas e sandálias e também a moda praia.
Check it out!






XoXo
Lorena Campello

10
jul
2017
Belmond Copacabana Palace organiza festa para marcar a nova fase de sua emblemática piscina, que passará por reforma
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Destaques, Eventos, Novidades

Construída em 1934, onze anos após a inauguração do Copa, a piscina do Belmond Copacabana Palace – considerada por gente do mundo inteiro o coração do hotel – passará por uma rápida reforma, com duração aproximada de 45 dias.

O espelho d’água já teve trampolim, lava-pé e uma ilha e recebeu braçadas famosas como as de Janes Joplin, Princesa Diana, do ex-presidente Juscelino Kubitschek e da modelo Gisele Bündchen. Pela primeira vez, o espaço foi palco de um grande evento idealizado pela diretora geral do hotel, Andréa Natal, no último domingo, dia 9 de julho.

A festa, que aconteceu dentro da piscina vazia, reuniu 900 convidados de diversos grupos da moda, arte, música e gastronomia. “Queria fazer um encontro entre amigos para comemorar essa relevante etapa de mudança e modernização de nossa piscina, que tem grande importância não só para os hóspedes, mas para cariocas e toda a cidade do Rio de Janeiro”, afirma Natal.

Quem chegava na festa, passava pela intervenção feita pela artista visual Maritza Caneca, com curadoria de Vanda Klabin. Uma exposição com fotos impressas em cerâmicas e projeção em vídeo da famosa piscina irá entreter hóspedes e clientes até a sua reabertura, prevista para agosto.

Com decoração assinada por Daniel Cruz, as cores da festa não podiam ser diferentes: azul e branco eram os destaques, com detalhes característicos de piscina, como boias salva vidas.

Na ocasião, a revista Marie Claire lançou a capa de sua edição de Julho com a estrela Taís Araújo, que prestigiou o evento na companhia de grandes mulheres como Fernanda Montenegro, Mônica Martelli, Fafá de Belém e Maitê Proença.

Em parceria com a Party Industry, de André Barros e com o RP Diógenes Queiroz, convidados como André Piva e Carlos Tufvesson, Daniella Sarahyba e Wolff Klabin, Felipe Velloso, Patrícia Mayer e Zanini de Zanine, animaram a pista.

O chefe de bares do Copa, Rodrigo Mello elaborou drinks com vodka Beveldere, gin Bombay Saphire e whisky Jack Daniels, junto com a equipe de mixologistas do Help Bar, que fez sucesso usando toucas e óculos de natação dentro da piscina vazia. Logo na entrada, um carrinho da Cachaça Leblon preparava caipirinhas para os convidados. Barcos decorativos espalhados pela festa eram utilizados como coolers para servir a Cerveja Praya. Os garçons usavam look Wöllner com calção de banho florido enquanto serviam prosecco Martini.

Na varanda com vista para a Praia de Copacabana, lounges e espreguiçadeiras eram parada obrigatória para quem queria se hidratar com água Heritage e sucos Do Bem, além de repor as energias com o tradicional biscoito O Globo, pipoca e salada de fruta da La Fruteria. O chef executivo do hotel, David Mansaud, elaborou saladas leves e wraps, além dos clássicos dadinhos de tapioca, bolinho de bacalhau e mini empadinhas que eram servidos em cones de papel com layout da fachada do Copa datada de 1923.

Com várias atrações musicais, a festa contou com a presença dos quatro melhores Djs da cidade: Mary Lou, Papagaio, Rapha Lima e Lucce. Os meninos do Mea Brass Band animaram os convidados tocando grandes hits como Wiggle, Uptown Funk, 7 Nation Army e Happy. A festa teve duração de 10 horas, com direito a um “after party” no restaurante pan-asiático MEE, premiado com uma estrela Michelin.
Fotos : Miguel Sá





10
jul
2017
Anos 40 – Quando o mundo, enfim, descobriu o Brasi
Postado por Nina Kauffmann - Categorias: Novidades

Um almanaque com memórias e acontecimentos curiosos
de uma década conturbada e efervescente
sob as lentes de Ricardo Amaral e com pesquisa de Renato Lemos

Uma década marcada pela dor da guerra, do racionamento, das dificuldades políticas, do inesperado, da incerteza do que estava por vir; mas também pela delícia da música, do cinema, do teatro, do rádio e de toda uma cultura tão prolífera. Assim foram os anos 40, que ainda seriam lembrados pelos fatos que começaram a projetar o Brasil mundo afora, grande parte deles passados no Rio de Janeiro.

Para o jornalista e empresário Ricardo Amaral, destino melhor para começar a contar boas histórias e muitos casos não poderia haver. Em parceria com o jornalista Renato Lemos, o autor mergulhou nas memórias e acontecimentos curiosos desse rico período, concentrando seu faro no Rio de Janeiro, com escalas fundamentais em São Paulo. Nasceu, assim, Anos 40 – Quando o mundo, enfim, descobriu o Brasil, que a Rara Cultural lança nesse mês de junho, editado com patrocínio da Light, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, e da Seadrill, através da Lei de Incentivo do ISS.

Fruto de uma pesquisa caprichada, com um texto leve (e pitadas de acidez características dos textos de Amaral), o livro faz um passeio, em 312 páginas, “por uma década sem internet, sem TV a cabo, sem rock and roll, sem bebidas diet e – pecado dos pecados – sem Copa do Mundo”, diz Renato Lemos. “Os anos 40 de Ricardo Amaral (que, não por acaso, nasceu quando a década se iniciava) são um convite para o leitor entrar em uma época de charme, malandragem, vedetes de pernas compridas, orquestras de gafieira, sorvetes no palito, chiclete de bola, polêmicas, arte, inteligência e muita festa”, destaca o pesquisador.

A obra traz curiosidades sobre Getúlio Vargas, o cinema, a construção do Maracanã, as peças de Nelson Rodrigues, o início da Kibon e da Coca-Cola, a criação do brigadeiro (!), as roletas girando, os balangandãs de Carmen Miranda, as ondas do rádio e as do mar de Copacabana, e muito mais.

“Nos anos 40, o brasileiro provou que se reinventa e vê o lado bom em tudo, que aqui a felicidade é for all (ou seria forró?) e que se as luzes forem apagadas, tiraremos um sarro no escurinho!” celebra Amaral, no texto de apresentação e agradecimentos do livro.

Amanhã, dia 11/7, Ricardo Amaral lança Anos 40 – Quando o mundo, enfim, descobriu o Brasil (RARA Cultural) na Livraria Argumento do Leblon, às 19h.

10
jul
2017