• Inauguração do Empório CR agita a noite de sexta na Barra da Tijuca

    O Empório CR, misto de delicatessen, pâtisserie, café e mercado, abriu oficialmente na noite de ontem, na Barra da Tijuca, com lista de convidados vips assinada por Nina Kauffmann. O...

    Leia mais

  • VIP TOUR Disney por Monique Leite

    Oi gente, tudo bem? Desde que voltei da Disney, muitas pessoas me perguntam sobre o serviço VIP para os parques. E como promessa é dívida, cá estou para contar tudinho...

    Leia mais

  • Beleza ao alcance de um click Por Renata Schiavo

    Um aplicativo promete ser uma verdadeira fada madrinha da beleza, o Make You. Esta plataforma digital promete resolver nossos problemas de beleza com o click no app, maquiador e cabelereiro...

    Leia mais

  • Takashi Murakami no Museu de Arte Contemporanea de Chicago.

    O artista plástico e super star japones Takashi Murakami , está no MCA com a exposição ” The Octopus Eats Its Own Leg”. Artista consagrado tanto na pintura, escultura como...

    Leia mais

  • Como trazer modernidade para seu visual por Juliana Heide e Jessica Garducci

    Nós mulheres amamos nos sentir poderosas e boa parte desse sentimento vem da maneira que estamos vestidas e como nossa roupa nos faz sentir. Cada uma, ao longo do tempo,...

    Leia mais

Mas os meus cabelos…
Postado por Patrícia Esteves - Categorias: Beleza

Já falei um pouquinho aqui sobre meus óleos favoritos para cabelo. São produtinhos essenciais no meu dia-a-dia. Mas o que eu estava pensando outro dia, é que uma pessoa chegou pra mim e disse “adoro seu cabelo, é tão lindo”. Obvio que o elogio foi uma coisa super legal, e eu fiquei bem feliz na hora. Mas depois eu fiquei pensando, sério? o meu cabelo?

Acontece que durante toda a minha adolescência eu era a menina do cabelo preso. Não me lembro de um dia que fui ao colégio sem meu rabo de cavalo baixinho e icônico. Todo mundo perguntava o porquê daquela insistência em amarrar as minhas madeixas, que já tinham uma marca fixa de elástico.Isso tudo somado ao fato de um corte de cabelo infortuno que me providenciou uma “franja” que acabou virando pedacinhos de cabelo sempre estáticos na minha testa. Ou seja, algumas pessoas tinham aquele dia ingrato para o cabelo de vez em quando, e eu tinha o dia bom para o cabelo de vez em nunca.

Sofri, sério.Quando entrei na faculdade não foi muito diferente. Meu cabelo era sempre ou muito seco ou muito oleoso, desgastado, com pontas duplas, e simplesmente indomável. A não ser pelo bom e velho elástico, é claro.E o que mudou, afinal? Pensando bastante sobre minha trajetória capilar, eu consegui entender o que mudou tanto o meu cabelo para eu andar com ele solto toda orgulhosa por ai, e ainda receber elogios (vixe!), nunca poderia imaginar.

Acontece, que eu achava que meu cabelo podia mudar do dia para a noite. Eu comprava estes kits express de hidratação em casa e achava que tudo ia mudar, que meu cabelo finalmente ia me obedecer. Eu achava que podia gastar 100 num bom pote de hidratação, colocar uma máscara por duas horas no cabelo (ao invés de 20 minutos como descrito na embalagem) e que meu cabelo ia sair a la Gisele Bündchen.Ele só ficava pesadão demais, oleoso demais, e não resolvia o problema.Descobri que o melhor tratamento para o meu cabelo não era o milagre, mas sim a insistência.

Eu deveria fazer hidratação de 15 em 15 dias, investir em produtos bons e não aqueles da promoção. Deveria cortar mais as pontas (eu tinha mania de cortar o cabelo uma vez por ou ano, ou as vezes nem isso). Deveria ter carinho com ele. Usar shampoo sem sal, e evitar de dormir com cabelo molhado (coisa que eu fazia muito).Hoje em dia tenho o orgulho de andar com o cabelo solto 90% do tempo. Sinto que ele é macio e tem brilho. Mas não foi fácil chegar neste resultado, e também não posso deixar a peteca cair. Cabelo pede atenção. E por mais que eu seja meio maluca e tenha paixão por pintar, pranchar, enrolar, e fazer tudo mais com o meu cabelo sem dó nem piedade, minha hidratação está sempre marcada. Uma vez por mês no salão, e o resto em casa.

Separei aqui alguns dos produtos que fizeram parte da minha jornada capilar, e que estão comigo até hoje:

cabelo

*Bepantol líquido: Sei que houve uma polêmica um tempo atrás sobre algumas blogueiras que estavam recebendo cachê pra falar de Bepantol no cabelo. Acredite, não foi meu caso. Quando essa modinha começou a rolar na internet eu fiquei curiosa, e resolvi testar. Foi uma das melhores coisas que fiz. Uma vez por semana dou um banho no cabelo com Bepantol, e os resultados são incríveis. Tem gente que mistura a solução no creme de hidratação, porque ele tem uma consistência bem de água, e é difícil espalhar no cabelo. Mas eu jogo diretão mesmo, deixo ele bem molhado de Bepantol e penteio para distribuir o produto. É brilho e maciez na certa!

*Semí dí líno Diamante: adoro essa linha da Alfaparf, o brilho que deixa nos cabelos é realmente coisa de outro mundo. Quando tenho a oportunidade de comprar eu gosto de usar o shampoo e condicionador no dia-a-dia mesmo. Já as ampolas entram no tratamento intensivo mensal. É bem legal, você coloca no cabelo e o líquido esquenta! Depois basta deixar um pouquinho nas madeixas e enxaguar, seu cabelo vai brilhar tanto que vai doer o olho (brinks!), mas fica bem bonitão mesmo.

*Kérastase Nutritive: esse é essencial! Uma vez por mês preciso do meu Bain Satin e Masquintese. Geralmente faço o tratamento no salão, mas também rola de comprar os produtinhos para fazer a hidratação em casa. O resultado é a recuperação total dos fios. Anota aí que esse não pode sair da listinha.

*John Frieda Sheer Blonde: desde que pintei minhas madeixas John Frieda tem sido um grande aliado. A linha possui shampoos e condicionadores especiais para todos os tipos de cabelo (e cores). Este que separei é especial para as mexas loiras, e cuida do meu dourado, sem deixar o cabelo com aspecto amarelo ovo. Além de dar brilho e recuperar as áreas mais ressecadas. Muito bom para o cuidado diário.

Acho que é isso. Resumindo a ópera: nenhum produto faz milagre! Para obter resultados o cuidado com o cabelo deve ser constante. Com muita paciência eu cheguei lá. Agora aposentei meus elásticos, finalmente. 🙂

27
maio
2013
Farra no Storm Studios
Postado por Patrícia Esteves - Categorias: Beleza, Eventos, Festas, Mídia, Novidades

Nós já falamos um pouquinho do sucesso e conceito do Storm Studios aqui, prometendo que o estúdio com conceito elaborado veio mesmo para ficar.No Storm Studios uma equipe super preparada e instrumentos de última geração providenciam ensaios fotográficos dignos das melhores revistas de moda do mundo. Para que toda mulher possa ter aquele seu momento “Capa da Vogue”.Para que a farra fosse completa, o estúdio entendeu que merecia ser oficialmente lançado com toda pompa e circunstância.Com o VIP list de nossa CEO Nina Kauffmann, o estúdio (que fica localizado no Esplanada Shopping) abriu as portas revelando uma exposição de fotos com as mulheres mais influentes da Barra da Tijuca.Sucesso total!Não deixe de conferir as melhores fotos na nossa galeria 😉E parabéns pelo sucesso Storm Studios.Arrasou!

26
maio
2013
It’s all good
Postado por Patrícia Esteves - Categorias: Gastronomia, Novidades

Gwyneth Paltrow deveria ser considerada uma super heroína. A atriz consegue ser mãe de duas crianças fofas, mulher de um rockstar famosão, ter sido votada a mulher mais bonita de 2013 pela People’s Magazine (com 40 anos de idade), ter estreado uma das maiores bilheterias do cinema, manter um blog pessoal, e ainda lançar seu segundo livro. Isso além de se vestir impecavelmente para inúmeros Red Carpets, malhar, e fazer parte de grupos filantrópicos. Oh God, começo a suspeitar que Gwyneth é um robô.Incrível uma pessoa ter tanto tempo para arrasar tanto na vida. Mas o que realmente queremos falar sobre GP hoje é sobre seu livro, It’s all Good. É estranho imaginar que uma pessoa tão magra possa gostar tanto de comida. Mas Gwyneth jura que sim, que é gulosa e apaixonada por comer (aham, senta lá). No seu site o Goop.com, que é super bacana por sinal, há uma parte grande dedicada a culinária.O primeiro livro da moça “My Father’s Daughter” lançado em 2011 também era um livro de receitas. Mas o segundo Cookbook promete ser bem diferente, e EXTREMAMENTE light! Tá, estamos começando a entender.O “It’s All Good” promete 185 receitas com alimentos saudáveis. Todas fáceis de fazer e super saborosas (ou pelo menos esperamos que sim). Gwyneth conta que quando estava se sentido cansada e sem energia, seu médico criou uma dieta especial, banindo alimentos que fazem mal para o organismo, como álcool, farinha, açúcar, café, entre outros.Por isso o livro é carregado em opções saudáveis para substituir alimentos que fazem parte do nosso dia-a-dia. Podemos esperar quinoa no lugar de farofa, hambúrguer de salmão no lugar do bovino, sorvete caseiro de banana no lugar do tradicional creme de caixinha.O livro já está a venda pelo Amazon (para quem tem e-reader já dá pra comprar), mas em breve estará a venda aqui no Brasil, acredito que até o próximo mês no máximo.Enquanto isso, It’s all good.

25
maio
2013
1 2 3 10